Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Oscar 2023: minhas apostas para a maior premiação do cinema

Quem será que vai levar as estatuetas de Melhor Filme e Melhor Atriz? Confira os palpites de Barbara Demerov

Por Barbara Demerov
10 mar 2023, 06h00

A maior festa cinematográfica está bem próxima de acontecer: a 95ª edição do Oscar será realizada no domingo, dia 12 de março, e promete fazer história. Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo é o líder de indicações (são onze no total), enquanto Nada de Novo no Front, produção alemã, está presente nas categorias de Melhor Filme e Melhor Filme Internacional.

+CCXP23 anuncia datas do evento e início da venda de ingressos

Caso a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas siga o mesmo caminho de outras premiações como o BAFTA e Spirit Awards — além dos eventos de sindicatos dos atores, produtores e diretores —, é muito provável que estes títulos não saiam de mãos vazias. Confira minhas apostas abaixo.

Brendan Fraser em cena de 'A Baleia'
Brendan Fraser entrega performance poderosa em A Baleia (A24/Divulgação/Divulgação)

MELHOR FILME INTERNACIONAL
Por mais que Nada de Novo no Front tenha o potencial de surpreender na categoria de melhor filme, sua vitória na categoria Internacional é praticamente certa. Seus concorrentes estão acima da média — Close é sensível e potente, enquanto Argentina, 1985 expõe cicatrizes da ditadura —, mas a presença massiva do filme da Netflix nesta temporada deixa claro que seria um desperdício deixá-lo de escanteio. Além disso, o tema da I Guerra Mundial (apesar de este ser um longa contra o conflito) agrada aos votantes.

Mulher sorri no meio de dois meninos enquanto estão deitados na grama
‘Close’ é forte concorrente ao Oscar de filme internacional (Topkapi Films/Versus Production/Divulgação)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Mais uma categoria fortíssima. Dos cinco indicados, quatro estão disponíveis no Brasil. Minha aposta vai para Navalny — nem tanto pela qualidade técnica, mas pela potência do assunto. A produção acompanha o principal opositor de Putin na Rússia e, como a Academia adora estar por dentro de temas afiados, essa seria uma escolha prudente. Mas All The Beauty and the Bloodshed, em termos narrativos, é o filme mais complexo entre os indicados.

MELHOR ATOR E MELHOR ATRIZ
Dois nomes parecem se destacar em ambas as categorias: Brendan Fraser, pelo devastador A Baleia, e Michelle Yeoh, por Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo. São dois atores que receberam suas primeiras indicações das carreiras só agora. Se saírem vencedores (são as minhas apostas), deixarão uma marca na história do cinema. Michelle, por exemplo, é a primeira mulher asiática indicada na categoria de melhor atriz. Sua performance, assim como a de Fraser, eleva a narrativa a níveis altíssimos.

Imagem mostra mulher fazendo movimento com a mão, vestindo roupa rosa
Michelle Yeoh estrela ‘Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo’ (Crédito/Divulgação)

MELHOR FILME
Com ação, drama e reflexões sobre família, Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo é uma produção que definitivamente marcou 2022. Sua jornada de sucesso nos cinemas e nas premiações (como no Critics’ Choice Awards, Directors Guild of America Awards e Independent Spirit Awards, entre outras) deve ser finalizada com louvor no Oscar. O filme, dirigido por Daniel Kwan e Daniel Scheinert, poderá ser contemplado com o principal Oscar da noite.

MELHOR DIRETOR
Apesar de as mulheres estarem ausentes na categoria (Sarah Polley estava cotada por Entre Mulheres), a briga está boa. Steven Spielberg, veterano de Hollywood e detentor de dois Oscars na mesma categoria, compete com Ruben Östlund, Todd Field, Martin McDonagh e Daniel Kwan e Daniel Scheinert. O prêmio deve ficar com os Daniels, mas nada impede que uma grande surpresa aconteça e Spielberg leve mais um para casa…

Continua após a publicidade

Publicado em VEJA São Paulo de 15 de março de 2023, edição nº 2832

+Assine a Vejinha a partir de 9,90. 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.