Clique e assine por apenas 5,90/mês

Robinho fala sobre suspensão do contrato com o Santos

Clube e jogador divulgaram decisão nesta sexta-feira (16)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 16 out 2020, 19h36 - Publicado em 16 out 2020, 19h34

O Santos e o jogador Robinho informaram nesta sexta-feira (10) que o contrato firmado entre o jogador e o clube no dia 10 de outubro foi suspenso. O caso ocorre após a repercussão da contratação do atleta, que foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão por violência sexual contra uma jovem de origem albanesa, em um caso que ocorreu em 2013 na Itália.

Por meio de nota divulgada nas redes sociais, o clube afirmou que a suspensão do acordo foi de “comum acordo […] para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália”.

O atleta entrou com recurso e recorre em segunda instância contra a condenação. Ele responde ao processo em liberdade. Nesta sexta-feira foram divulgadas transcrições de conversas telefônicas entre Robinho e Ricardo Falco, também acusado de estupro, em que eles falam sobre o caso. Leia aqui.

Pelo stories do Instagram, Robinho falou sobre o caso. “Com muita tristeza o coração venho falar para vocês que junto com o presidente do Santos, tomamos a decisão de suspender o meu contrato. Meu objetivo sempre foi ajudar o Santos e se, de alguma forma estou atrapalhando, é melhor que eu saia e cuide de meus assuntos pessoais”. Ele mandou uma mensagem aos torcedores do time: “Para os que gostam de mim, com certeza, vou provar para vocês minha inocência”. Finaliza. Veja o vídeo:

View this post on Instagram

Informação: Robinho anuncia no seu Instagram a rescisão do acordo com Santos (*suspender a validade do acordo)

A post shared by Marília Ruiz (@mariliaruizoficial) on

Continua após a publicidade

 

 

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade