Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Livro reúne receitas dos monges do Mosteiro de São Bento

Conheça algumas das delícias

Por Ana Luiza Cardoso 20 abr 2018, 06h00

Criado em 1598, o Mosteiro de São Bento abriga cerca de 45 monges e faz parte de um complexo com igreja, colégio e faculdade. Essa grandiosidade histórica e arquitetônica ainda inclui uma pequena padaria, que atrai visitantes interessados nas guloseimas preparadas pelos beneditinos. Por dia, são produzidos 140 pães artesanais, além de bolos e biscoitos que abastecem também uma loja nos Jardins.

O livro: mais de 100 receitas Rafael Brum/Veja SP

O fascínio por esses quitutes motivou o livro Cozinhe com os Monges (editora Planeta; 272 páginas; 75,90 reais), organizado por dom João Baptista e pela musicoterapeuta Sandra Marina Witkowski. A obra reúne mais de 100 receitas do cardápio dos religiosos e do brunch dominical, realizado uma vez ao mês. entre elas, a das “bolachas para os nervos”, criada pela santa alemã Hildegard de Bingen. Confira outras abaixo.

Biscoito bricelet. A bolacha lembra uma hóstia e tem origem suíça, no século XVI. Contém farinha de trigo, açúcar, manteiga e suco de limão ou laranja.

Wellington Batista/Veja SP

Bombom áureo. Com chocolate e castanha-de-caju entre os ingredientes, a receita foi dada aos monges por oblatos, leigos que servem à ordem religiosa.

Continua após a publicidade

Wellington Batista/Veja SP

Bolo de pão de mel. O doce está entre os mais vendidos da padaria do mosteiro. A receita leva açúcar mascavo, licor de laranja e nozes picadas.

Wellington Batista/Veja SP

Pão de São Bento. Outro sucesso de vendas, esse pão, feito com mandioquinha, foi o primeiro a ir às prateleiras da padaria, logo após sua inauguração, em 1999.

Wellington Batista/Veja SP
Continua após a publicidade

Publicidade