Clique e assine por apenas 5,90/mês

A aprovação e a desaprovação da gestão Covas durante a pandemia

Pesquisa Datafolha também questionou moradores sobre os principais problemas da cidade de São Paulo

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 25 set 2020, 09h41 - Publicado em 25 set 2020, 09h39

Para 37% dos moradores de São Paulo, a forma como o prefeito Bruno Covas (PSBD) administrou a pandemia do coronavírus é considerada ótima ou boa. Consideram ruim ou péssima 24%. Os dados são da pesquisa Datafolha divulgada na noite de quinta-feira (24) pelo jornal Folha de S. Paulo. Bruno Covas é candidato à reeleição e, em entrevista à Vejinha, disse que “as ações surtiram o efeito esperado, apesar de resultarem em sacrifício da população”.

Os percentuais da pesquisa são:

  • Ótima/boa: 37%
  • Regular: 38%
  • Ruim/Péssima: 24%
  • Não opinaram: 1%

As mulheres (39%) aprovaram mais a gestão do que os homens (35%), assim como pessoas entre 45 e 59 anos (42%) e de pessoas com 60 anos ou mais (45%).

Confira também as intenções de voto. 

O Datafolha também perguntou se as medidas adotadas na cidade de São Paulo para combater a pandemia foram melhores, iguais ou piores do que as praticadas em outras cidades do país.

  • Melhores: 35%
  • Iguais: 32%
  • Piores: 29%
  • Não sabe: 4%

O instituto também quis saber sobre os principais problemas na capital. Os resultados são:

  • Saúde / hospitais / postos de saúde: 23%
  • Segurança / violência / criminalidade: 12%
  • Transporte coletivo: 10%
  • Educação / escolas / creches: 8%
  • Desemprego / combate ao desemprego: 6%
  • Limpeza / coleta de lixo / sujeira na cidade: 4%
  • Moradia / habitação: 4%
  • Calçamento / asfaltamento / buracos: 4%
  • Saneamento básico (água e esgoto): 3%
  • Enchentes / canalização de esgoto: 2%
  • Combate à corrupção / moralização da administração: 1%
  • Pobreza / miséria: 1%
  • Pandemia / Coronavírus: 1%
  • Trânsito: 1%
  • Moradores de rua / mendigos: 1%
  • Infraestrutura: 1%
  • A cidade não tem problemas: 1%
  • Outros: 9%
  • Todos / Tudo: 1%
  • Não sabe: 6%
Continua após a publicidade
Publicidade