Clique e assine com até 89% de desconto

Datafolha mostra Russomanno com 29% e Covas com 20% de intenções de voto

Guilherme Boulos (PSOL) e Márcio França (PSB) vêm em seguida; veja a pesquisa completa

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 set 2020, 11h39 - Publicado em 24 set 2020, 09h29

A pesquisa Datafolha, publicada nesta quinta-feira (24) no jornal Folha de S.Paulo, mostra que Celso Russomano (Republicanos) está na liderança das intenções de voto a prefeito de São Paulo. Veja abaixo:

+ Antes de suspensão, Sabará retificou declaração de bens e currículo

  • Celso Russomanno (Republicanos): 29%
  • Bruno Covas (PSDB): 20%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 9%
  • Márcio França (PSB): 8%
  • Jilmar Tatto (PT): 2%
  • Arthur do Val (Patriota): 2%
  • Andrea Matarazzo (PSD): 2%
  • Vera Lúcia (PSTU): 2%
  • Joice Hasselmann (PSL): 1%
  • Levy Fidelix (PRTB): 1%
  • Marina Helou (Rede): 1%
  • Orlando Silva (PC do B): 1%
  • Filipe Sabará (Novo): 1%
  • Em branco/Nulo/Nenhum: 17%
  • Não sabe: 4%

Rejeição

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum.

  • Bruno Covas (PSDB): 31%
  • Levy Fidelix (PRTB): 30%
  • Joice Hasselmann (PSL): 28%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 24%
  • Celso Russomanno (Republicanos): 21%
  • Arthur do Val (Patriota): 19%
  • Jilmar Tatto (PT): 19%
  • Vera Lúcia (PSTU): 19%
  • Orlando Silva (PC do B): 18%
  • Márcio França (PSB): 17%
  • Filipe Sabará (Novo): 16%
  • Marina Helou (Rede): 16%
  • Antônio Carlos Silva (PCO): 15%
  • Andrea Matarazzo (PSD): 15%
  • Rejeita todos/Não votaria em nenhum: 7%
  • Votaria em qualquer um/Não rejeita nenhum: 3%
  • Não sabe: 6%

Grau de conhecimento do entrevistado sobre o candidato:

  • Celso Russomanno (Republicanos): conhece muito bem, 54%; um pouco, 27%; só ouvi falar, 18%; e não conhece, 1%
  • Bruno Covas (PSDB): conhece muito bem, 47%; um pouco, 28%; só ouvi falar, 22%; e não conhece, 3%
  • Levy Fidelix (PRTB): conhece muito bem, 17%; um pouco, 24%; só ouvi falar, 32%; e não conhece, 27%
  • Márcio França (PSB): conhece muito bem, 17%; um pouco, 21%; só ouvi falar, 37%; e não conhece, 35%
  • Guilherme Boulos (PSOL): conhece muito bem, 19%; um pouco, 13%; só ouvi falar, 14%; e não conhece, 54%
  • Joice Hasselmann (PSL): conhece muito bem, 14%; um pouco, 14%; só ouvi falar, 17%; e não conhece, 56%
  • Andrea Matarazzo (PSD): conhece muito bem, 6%; um pouco, 12%; só ouvi falar, 22%; e não conhece, 60%
  • Jilmar Tatto (PT): conhece muito bem, 8%; um pouco, 12%; só ouvi falar, 16%; e não conhece, 64%
  • Orlando Silva (PC do B): conhece muito bem, 7%; um pouco, 11%; só ouvi falar, 16%; e não conhece, 66%
  • Vera Lúcia (PSTU): conhece muito bem, 3%; um pouco, 8%; só ouvi falar, 15%; e não conhece, 74%
  • Marina Helou (Rede): conhece muito bem, 2%; um pouco, 7%; só ouvi falar, 11%; e não conhece, 80%
  • Arthur do Val (Patriota): conhece muito bem, 5%; um pouco, 5%; só ouvi falar, 9%; e não conhece, 81%
  • Filipe Sabará (Novo): conhece muito bem, 1%; um pouco, 5%; só ouvi falar, 10%; e não conhece, 84%
  • Antônio Carlos Silva (PCO): conhece muito bem, 1%; um pouco, 5%; só ouvi falar, 9%; e não conhece, 85%

Pesquisa espontânea

O Datafolha também pesquisou a intenção de votos espontânea, em que os nomes dos candidatos não são apresentados.

  • Bruno Covas (PSDB): 8%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 5%
  • Celso Russomanno (Republicanos): 5%
  • Márcio França (PSB): 2%
  • Arthur do Val (Patriota): 1%
  • Jilmar Tatto (PT): 1%
  • Outros: 5%
  • Não vota/Não vai votar/Vai justificar: 1%
  • Em branco/Nulo/Nenhum: 16%
  • Não sabe: 57%

Influência do apoio a candidatos

O Datafolha pesquisou também o impacto dos apoios do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), do governador João Doria (PSDB) e do ex-presidente Lula (PT). Veja os resultados:

Apoio do governador João Doria

  • Levaria você a escolher esse candidato com certeza: 8% (14% entre desempregados a procura de emprego e 14% entre aposentados)
  • Talvez faça você votar nesse candidato: 29%
  • Você não votaria de jeito nenhum em um candidato apoiado por ele: 59% (63% entre quem ganha de 2 a 5 salários mínimos e 62% entre brancos)
  • Outras respostas: 2%
  • Não sabe: 2%.

Apoio do ex-presidente Lula

  • Levaria você a escolher esse candidato com certeza: 20% (37% entre quem tem ensino fundamental e 31% entre desempregados que não estão procurando emprego)
  • Talvez faça você votar nesse candidato: 21%
  • Você não votaria de jeito nenhum em um candidato apoiado por ele: 57% (70% entre aposentados e 62% entre evangélicos)
  • Outras respostas: 1%
  • Não sabe: 1%.

Apoio do presidente Jair Bolsonaro

  • Levaria você a escolher esse candidato com certeza: 11% (17% entre donas de casa e 18% entre evangélicos)
  • Talvez faça você votar nesse candidato: 23%
  • Você não votaria de jeito nenhum em um candidato apoiado por ele: 64% (75% entre pretos e 67% entre moradores da Zona Oeste de SP)
  • Outras respostas: 2%
  • Não sabe: 1%.

Foram ouvidos 1 092 eleitores da cidade de São Paulo entre os dias 21 e 22 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%, o que significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

    Continua após a publicidade
    Publicidade