Clique e assine por apenas 6,90/mês
São Paulo nas Alturas Por Raul Juste Lores Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura

São Paulo ganha novo teatro, no Edifício Santos Augusta

O Teatro Unimed é o primeiro projetado pelo arquiteto paulistano Isay Weinfeld

Por Raul Juste Lores - Atualizado em 12 Aug 2019, 11h50 - Publicado em 9 Aug 2019, 06h00

São Paulo já teve peças em cartaz com apresentações (lotadas) de terça a domingo, com sessões duplas nos fins de semana. Com uma crise duradoura de perda de público (e o advento da meia-entrada encarecendo o ingresso médio), merece festa a chegada de um nova sala na cidade, o Teatro Unimed, fora dos shoppings. É o primeiro teatro projetado pelo arquiteto paulistano Isay Weinfeld, que ocupa os andares inferiores (do 1º ao 3º) do edifício Santos Augusta, que também saiu de sua prancheta. Weinfeld, autor de vários hotéis da rede Fasano e de residenciais em Nova York, revestiu o caloroso interior com madeiras como bambu e cumaru. O espaço, com 249 lugares, será aberto em 22 de agosto com a versão brasileira do musical Lazarus, de David Bowie, dirigido por Felipe Hirsch. Apesar de estar dentro de um prédio, parece teatro de rua: chega-se por uma pequena escadaria, e a bilheteria é térrea, junto ao café Perseu. Como o vizinho Conjunto Nacional, sem muros nem grades, o Santos Augusta tem até bancos: uma rara generosidade com a calçada.

Teatro Unimed, instalado dentro do Edifício Santos Augusta Tuca Reinés/Divulgação

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 14 de agosto de 2019, edição nº 2647.

Publicidade