Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Hoegaarden ganha espaço próprio em Pinheiros; leia a crítica

Além das cervejas clássicas da marca belga, casa tem drinques assinados por Ale D'Agostino, do Apothek

Por Gabrielli Menezes 17 Maio 2019, 06h00

Não faltam lugares para beber cerveja no Largo da Batata. Tem de tudo: das long necks de vendedores ambulantes, passando pelo “litrão” dos botecos, aos chopes de produção própria da Goose Island Brewhouse. Há dois meses, essa última categoria ganhou mais uma representante — e das boas.

É a Hoegaarden Greenhouse, primeira casa da marca nascida na Bélgica fora do país de origem a funcionar como cervejaria.

Witbier: feita de trigo, coentro e cascas de laranja, o carro-chefe da marca chega pronto da Bélgica Clayton Vieira/Veja SP

Sua principal receita, a witbier, feita de trigo, coentro e cascas de laranja, vem da cidade Hoegaarden, onde fica a fábrica desde a fundação, em 1965. Ela é a única que chega pronta de lá para ser servida no bar paulistano.

Antes de encher o copo, a especialidade pode passar por uma torre de infusão de laranja, para ressaltar o sabor e o aroma da fruta presente na fórmula.

Fachada: cervejaria chega ao Largo da Batata, em Pinheiros Clayton Vieira/Veja SP

As outras duas opções (até o momento) são preparadas na fábrica do bar vizinho, o Goose Island Brewhouse, comandado pelo mesmo gigante Anheuser-Busch InBev.

A IPA (indian pale ale) tem amargor marcante e a stout, cor escura e sabor caramelado característicos. As três versões são oferecidas em doses de 330 ou 500 mililitros, que custam R$ 15,00 e R$ 22,00, respectivamente.

Composição de chopes da Hoegaarden Greenhouse: witbier, IPA e stout Clayton Vieira/Veja SP

Além dos chopes, há cervejas da marca que compõem drinques assinados pelo bartender do ano Ale D’Agostino, do Apothek. Banco, banqueta, cadeira e balanço espalham-se pelo bonito imóvel repleto de plantas nas paredes e no teto.

Durante a noite e nos fins de semana, a galera também papeia em pé, na área aberta ou em volta do balcão, à espera do próximo copo.

Avaliação: BOM (três estrelas)

Clique para conferir o cardápio:

Cardápio Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Leia também: Empório Sagarana encerra as atividades neste semestre

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha. É só clicar aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade