Clique e assine por apenas 6,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e dos tragos. Escrito por Saulo Yassuda

Bar do Naga serve petiscos e drinques de inspiração oriental; leia crítica

O endereço é o negócio de número 6 do Grupo Nagayama e fica no Itaim Bibi, em um imóvel em frente a três outras casas de mesma filiação

Por Saulo Yassuda - Atualizado em 5 Oct 2019, 17h06 - Publicado em 4 Oct 2019, 06h00

Negócio de número 6 do Grupo Nagayama, o Bar do Naga funciona desde o fim de julho em um imóvel em frente a três outras casas de mesma filiação, o Nagayama, o Nagayama Café e o Naga. Sob a direção do empresário Mario Nagayama e com a operação confiada ao filho Daniel e ao sobrinho Augusto, o espaço tem astral mais jovem que o de seus antecessores.

Petiscos de pegada oriental dominam o menu criado pelo chinês An Qiang (também do Naga). Pela grelha a carvão, que também tem feito sucesso em outros estabelecimentos da cidade, passam espetos como os de vieira (R$ 24,00), de frango adocicado com cebolinha (R$ 12,00) e de cogumelo eryngui fatiado (R$ 15,00), este firme, carnudo e com um atraente defumado.

Direto da grelha: cogumelos eryngui fatiados Romero Cruz/Veja SP

Da parte fria, o tataki aji (carapau com gengibre, cebolinha e shoyu; R$ 26,00) perde pontos pelo sabor excessivamente salgado. É melhor beliscar a dupla de croquetes cremosos de camarão (R$ 21,00).

Last samurai: de pisco com abacaxi Romero Cruz/Veja SP

Área de destaque, a coquetelaria está sob o comando de Thiago Pereira (ex-Tessen). O bartender constrói drinques criativos, como o last samurai (pisco com infusão de casca de abacaxi, xarope da fruta, água de gengibre, vermute e sucos cítricos mais espuma de gengibre; R$ 32,00), fresco e temperado.

Continua após a publicidade

Dos endereços irmãos, o Bar do Naga pega emprestado o clima animado. Grupos de gente na faixa dos 30 e poucos comparecem em clima de festinha. Trata-se de um negócio da família, não necessariamente de família.

Bar do Naga
Rua Bandeira Paulista, 392, Itaim Bibi. Sem telefone
Terça e quarta das 19h à 1h; quinta a sábado até 3h; fecha domingo e segunda.
Clique aqui para saber todos os detalhes

Avaliação: BOM (três estrelas)

Confira o cardápio:

Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha. É só clicar aqui.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade