Clique e assine por apenas 6,90/mês
Bichos Tudo sobre o mundo pet por Veja São Paulo. Quer sugerir uma pauta? Envie para monica.santos@abril.com.br

Cachorros podem comer ração para gatos e vice-versa?

O zootecnista Alexandre Rossi responde

Por Alexandre Rossi - Atualizado em 31 May 2019, 19h00 - Publicado em 31 May 2019, 18h45

Pode até parecer que sim, afinal, as rações industrializadas costumam conter vários tipos de nutrientes. Mas, para quem tem cão e gato em casa, não se deve oferecer de forma rotineira a mesma comida para ambos. Nem ração de gatos para os cães e nem vice-versa, apesar de eles, às vezes, demonstrarem muito interesse pelo alimento do outro.

Por quê?

Cães e gatos são animais com necessidades nutricionais diferentes, que precisam ser supridas para que possam viver com saúde. É exatamente por esse motivo que a gama de rações direcionadas para cada espécie é enorme.

Qual é a diferença?

Continua após a publicidade

Os gatos, assim como todos os felinos, são carnívoros estritos, ou seja, precisam ingerir carne para conseguir manter sua saúde em dia. A taurina, por exemplo, é um aminoácido essencial para os gatos e está presente na carne de origem animal. Portanto, as rações industrializadas para bichanos devem conter alto teor deste componente.

Os cães precisam de níveis diferentes desse e de outros aminoácidos, assim como vitaminas e minerais.

Mas e se ele comer um pouquinho?

Se o cão ou gato ingerir um pouco da ração do outro, por acidente (quem nunca deixa cair um pouco, né?), não precisa se preocupar! O grande problema surge se, no dia a dia, a ingestão de ração para a outra espécie for a base da alimentação do pet.

Continua após a publicidade

Lembrando que cuidar da alimentação dos nossos cães e gatos é uma das formas de prevenir problemas de saúde durante a vida. Mas apesar de amarmos todos de forma igual, sempre devemos considerar que são espécies diferentes, com necessidades distintas!

Por Alexandre Rossi, zootecnista, especialista em comportamento animal e sócio-fundador da Cão Cidadão.

Alexandre Rossi, zootecnista Divulgação/Divulgação
Publicidade