Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Erick Jacquin indica chef para um dos melhores bistrôs franceses de SP

O restaurante na cobertura do Shopping Cidade Jardim tem agora uma mulher no comando da cozinha

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 21 set 2018, 21h19 - Publicado em 21 set 2018, 12h10

Considerado o melhor restaurante francês de São Paulo nas edições 2016 e 2017 do guia anual Comer & Beber – neste ano perdeu o título para o Chef Rouge -, o Bistrot Parigi está de chef novo. Ou melhor, uma cozinheira.

É Vanessa Silva quem assumiu o posto deixado por Luiz Emanuel Cerqueira de Lima. “Foi uma indicação do Erick Jacquin”, conta Rogério Fasano. Vanessa trabalhava com o cozinheiro francês, famoso por sua participação no MasterChef Brasil, em eventos e consultorias em restaurantes como La Brasserie de la Mer, em Natal.

Chef brasiliense criado em Minas e especialista em culinária francesa, Luiz Emanuel ingressou no Bistrot Parigi em junho de 2017 e deixou o restaurante em agosto passado.

Conversei com Luiz Emanuel, que ainda não tem um destino profissional definido. “Estou analisando algumas propostas, mas ainda não decidi. Tenho algumas aqui em São Paulo e outras na Nova Zelândia. Estou inclinado a voltar pra lá”, conta o chef.

Luiz Emanuel Cerqueira de Lima; saída em agosto Roberto Seba/Divulgação

Vanessa é terceira profissional a assumir o comando do Bistrot Parigi. Na abertura em 2015, Wagner Resende, ex- Chef Rouge, fez um ótimo trabalho, que durou pouco mais de um ano. Saiu dessa casa do Grupo Fasano para trabalhar fora do Brasil.

Fasano: novo titular para o Bistrot Parigi Zé Carlos Barretta/Divulgação

Vanessa começou como comandante da casa na cobertura do Shopping Cidade Jardim em 10 de setembro. Nesse primeiro momento, está conhecendo a equipe. Também faz um acompanhamento dos outros restaurante da grife. Em sua fase inicial, permanecerá um período com Luca Gozzani para ver de perto a excelência do trabalho desenvolvido no Fasano. Em outubro, fica definitivamente no Bistrot Parigi.

“Estou no período de adaptação a um grupo grande. No momento, faço um trabalho muito legal com o chef Luca de incluir a base italiana na minha formação francesa. E vivo o desafio ter uma cozinha minha, o que não chega a ser difícil. Antes, ficava em vários restaurantes prestando consultorias. Agora, estou num lugar só”, comemora a nova titular.

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook. Também é possível receber as novidades pelo Twitter e seguir minhas postagens 

Continua após a publicidade
Publicidade