Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Melhor trattoria de São Paulo interrompe as atividades

“Voltaremos em 8 de maio se as condições sanitárias melhorarem”, diz o chef Roberto Rebaudengo, da Lido Amici di Amici e do delivery próprio CasaLido

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 9 abr 2021, 12h35 - Publicado em 9 abr 2021, 10h46

Estreante no ramo, o cenógrafo e decorador italiano Roberto Rebaudengo sempre cozinhou. Antes de ter o próprio restaurante, o profissional começou a receber pequenos grupos em casa. Esse foi seu treino para abrir o Lido Amici di Amici em 2019. No ano seguinte, surpreendia pela qualidade das receitas, feitas com grande fidelidade às originais de Gênova, onde nasceu. Por isso, levou o título de melhor tratttoria da cidade na mais recente edição VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER.

Rebaudengo, que vinha trabalhando apenas com entregas do iFood para pratos do restaurante no almoço e no jantar e com delivery próprio para receitas para finalizar em casa pelo selo CasaLido a partir das 19h e também no almoço aos fins de semana, resolveu interromper as atividades momentaneamente. Nesta semana, os pedidos podem ser feitos até domingo (11). Em seguida, vem a parada.

Parte térrea do salão do restaurante Lido Amici di Amici com pessoas sentadas em uma mesa coletiva
O pequeno salão: tem uma grande grande mesa compartilhada. Na reabertura, poderá ser usada por até seis pessoas como na foto Clayton Vieira/Veja SP

“É uma pausa temporária. A previsão é reabrir em 8 de maio, mês em que celebramos o aniversário do Lido. Estou torcendo para que o cenário seja mais propício. Mas, essa é a previsão se, ao menos, houver uma melhora repentina da situação geral dos contágios. Uma piora nos faria adiar. Prefiro ser otimista”, diz o cozinheiro.

A fiel clientela, que costuma pedir em casa o agnolotti al brasato (68 reais) e tortelli di zucca (58 reais) do Lido Amici di Amici, pode aproveitar até este fim de semana. O prazo também vale para quem costuma bancar o masterchef e finalizar pratos como parmigiana de berinjela (58 reais) e o ótimo testaroli al pesto (36 reais) da Casalido, que, em geral, têm vídeo gravado com um passo a passo do preparo no Instagram.

Assim como aconteceu com o Ruella e o Corrutela, o Lido Amici di Amici dá um passo para trás na tentativa de que a pandemia recue. O tempo dirá.

Assine a Vejinha a partir de 8,90 mensais

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato

Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma

  • Continua após a publicidade
    Publicidade