Clique e assine com até 89% de desconto

Lido Amici di Amici

(Desde 2019)

Tipos de Restaurantes: Cantina / Trattoria

VejaSP:

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 282 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 23849839 / (11) 990239890

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 19:00 - 22:00

quarta-feira 19:00 - 22:00

quinta-feira 19:00 - 22:00

sexta-feira 19:00 - 22:00

sábado 19:00 - 22:00

domingo - Fechado

Informações adicionais: Entrega em domicílio, Lugares/Capacidade total (18), Levar vinhos (permite) (R$ 40,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

A culinária do Lido Amici di Amici cabe em uma região da Itália, a Ligúria, embora o cardápio traga um ou outro prato de diferentes partes do país mediterrâneo. É da capital, Gênova, a mesma cidade de onde saiu Cristóvão Colombo, que veio o sócio Roberto Rebaudengo. Esse italiano de discreta timidez se tornou um embaixador da culinária de sua cidade natal, primeiro ao abrir as portas de sua residência, em 2018, e receber pessoas para jantares — assim, dá para entender o aposto Amigos dos Amigos ao nome Lido. No ano passado, resolveu profissionalizar a experiência de cozinha ao abrir o minúsculo restaurante, que antes da pandemia comportava 32 lugares, doze deles distribuídos em um mesão coletivo — hoje, são só dezoito assentos permitidos na casa toda. Na trattoria, que conquista a primeira vitória no COMER & BEBER, a refeição pode começar com o frito misto (R$ 52,00), tentadoramente sequinho, composto de baby lula, camarão e manjubinha, perfeito para partilhar. Outra opção, a pizzata (R$ 58,00), dupla de discos de massa fina e macia recheados de queijo stracchino, recebe cobertura como a de molho de tomate, aliche italiano e azeitona preta. Banhado com molho de nozes e manjerona, o pansoti (R$ 54,00) ganha uma versão vegetariana adaptada. Essa massa recheada de ervas no original traz espinafre e pancs, plantas alimentícias não convencionais, combinados com ricota. Nem pense em pular a torta amaretto (R$ 22,00), um bolo feito com castanha de damasco e não com amêndoa. Perfumadíssimo, é servido com o toque amargo de chantili de café e vira uma festa para o paladar.

Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.

 

    A culinária do Lido Amici di Amici cabe em uma região da Itália, a Ligúria, embora o cardápio traga um ou outro prato de diferentes partes do país mediterrâneo. É da capital, Gênova, a mesma cidade de onde saiu Cristóvão Colombo, que veio o sócio Roberto Rebaudengo. Esse italiano de discreta timidez se tornou um embaixador da culinária de sua cidade natal, primeiro ao abrir as portas de sua residência, em 2018, e receber pessoas para jantares — assim, dá para entender o aposto Amigos dos Amigos ao nome Lido. No ano passado, resolveu profissionalizar a experiência de cozinha ao abrir o minúsculo restaurante, que antes da pandemia comportava 32 lugares, doze deles distribuídos em um mesão coletivo — hoje, são só dezoito assentos permitidos na casa toda. Na trattoria, que conquista a primeira vitória no COMER & BEBER, a refeição pode começar com o frito misto (R$ 52,00), tentadoramente sequinho, composto de baby lula, camarão e manjubinha, perfeito para partilhar. Outra opção, a pizzata (R$ 58,00), dupla de discos de massa fina e macia recheados de queijo stracchino, recebe cobertura como a de molho de tomate, aliche italiano e azeitona preta. Banhado com molho de nozes e manjerona, o pansoti (R$ 54,00) ganha uma versão vegetariana adaptada. Essa massa recheada de ervas no original traz espinafre e pancs, plantas alimentícias não convencionais, combinados com ricota. Nem pense em pular a torta amaretto (R$ 22,00), um bolo feito com castanha de damasco e não com amêndoa. Perfumadíssimo, é servido com o toque amargo de chantili de café e vira uma festa para o paladar.

    Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.