Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 27 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações de estabelecimentos. Além das atividades na Vejinha, leciona na Universidade Mackenzie

Cozinha do Lorençato convida Mohamad Hindi

Com 1,47 milhão de inscritos em seu canal no YouTube, o produtor de conteúdo conquistou a galera com pratos que vão de miojo no chuveiro a bolo de banana

Por Arnaldo Lorençato - 8 May 2020, 07h30

O convidado do episódio #48 Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, é um fenômeno culinário do YouTube. Participante da primeira temporada do MasterChef Brasil em 2014, Mohamad Hindi Neto saltou da TV para a rede social, na qual ensina uma galera muito jovem a cozinhar. Vez ou outra, ele faz um prato mais sofisticado. Mas o cardápio criado por ele vai em outra linha. Inclui até um miojo feito no chuveiro ou uma massa cacio e pepe repetida sete ou oito vezes até dar certo. Com o jeitão amalucado e cabelos ao vento, amealhou nada menos que 1,47 milhão de inscritos em seu canal. E não é só. Tem mais de 300.000 seguidores no Instagram.

Tentei sete, oito vezes para fazer um cacio e pepe perfeito no YouTube. Comecei num dia e terminei no outro, inclusive com um figurino diferente

Mohamad Hindi Neto

Esse talvez seja o papo mais divertido de quase um ano do Cozinha do Lorençato. Minha primeira pergunta é quantas vezes ele lava as mãos por dia. A reposta é uma confissão. “Tenho toque e perdi a conta de quantas vezes lavo. E muito antes do coronavírus”, dispara. Como está sempre com a cabeleira solta, aproveitei para saber se já encontrou um pelão no prato “Na minha comida aqui em casa, já encontrei um cabelo. Não ligo é meu mesmo. Mas quando vou cozinhar em eventos, prendo tudo. A atenção é redobrada”, garante.

Quase uma hora de muita diversão: o youtuber encara até as perguntas mais difíceis com muito humor Arnaldo Lorençato/Veja SP

 

No ‘MasterChef’, é muito difícil, é muita pressão. Não sabia cozinhar, era muito amador. Fui longe até demais

Mohamad Hindi Neto

Sobre a época do reality, Mohamad traz na memória os obstáculos que enfrentou. “No MasterChef, é muito difícil, é muita pressão. Não sabia cozinhar, era muito amador. Fui longe até demais”, diz ele que foi defenestrado em quarto lugar. Embora a televisão tenha sido a porta de entrada para sua trajetória profissional como produtor de conteúdo culinário, ele tem claro que são linguagens muito diferentes. “Na TV, o acabamento conta muito. Na internet, ficamos mais perto da realidade. Tanto que erros são tolerados”, diz.

Continua após a publicidade

Como ultraprocessados e enlatados, mas a base da alimentação das pessoas não pode ser assim. É importante saber o que é um alimento fresco

Mohamad Hindi Neto

Embora recomende algumas vezes e come alimentos ultraprocessados, mantém o senso crítico. “A base da alimentação das pessoas não pode ser assim. É importante saber o que é um alimento fresco”, afirma. Para ouvir esse papo cheio de humor dá o play no YouTube, no Spotify, no Deezer ou aqui:

 

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato
Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma

Publicidade