Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vacinação de idosos entre 69 e 71 anos é antecipada para sexta (26)

Imunização de profissionais da segurança pública e da Educação também foi anunciada

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 mar 2021, 15h22 - Publicado em 24 mar 2021, 15h21

O governador João Doria anunciou, nesta quarta-feira (24), a antecipação da vacinação de idosos com idades entre 69 e 71 anos para sexta-feira (26). Antes, o início da imunização de pessoas dessa faixa etária estava prevista para sábado (27). Nessa fase, o governo pretende vacinar 910 mil pessoas em todo o estado.

“A otimização da entrega das vacinas do Butantan e a logística da Secretaria da Saúde estão permitindo a antecipação para o atendimento desta faixa etária”, explicou Doria.

Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PEI), fez um agradecimento a Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan. “Hoje, é a vacina do Butantan que faz com que os programas estadual e municipal de imunização estejam de pé”, disse. 

Nesta quarta, o instituto entregou mais 2,2 milhões de doses da Coronavac para o PNI (Programa Nacional de Imunizações), o que totalizou 27,8 milhões de doses entregues – 14,3 milhões em março.

Na coletiva desta quarta no Palácio dos Bandeirantes, Doria também anunciou as datas para o início da vacinação de profissionais da segurança pública e da educação no estado.

Continua após a publicidade

Regiane reforçou novamente a importância do portal VacinaJá, que permite maior agilidade na hora da imunização e ajuda a evitar aglomerações desnecessárias. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

Vacinação em SP

Na coletiva, Doria também anunciou que o PEI ultrapassou as 5 milhões de doses aplicadas em São Paulo.

“A vacina do Butantan está no braço de todos os brasileiros. Nós acabamos de virar 5 milhões de doses aplicadas e, com mais vacinas, São Paulo seguirá neste ritmo de vacinação no estado”, comemorou Regiane de Paula, que deu os dados em números exatos de acordo com o vacinômetro: 5.001.306 doses aplicadas, sendo 3.724.706 dessas primeira dose e 1,276.600 segunda dose.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade