Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Gripe se espalha para o litoral às vésperas de festas de final de ano

Algumas cidades registram aumento de até 171% nos atendimentos; prefeituras montam tendas provisórias para receber pacientes

Por Clayton Freitas Atualizado em 23 dez 2021, 18h23 - Publicado em 23 dez 2021, 17h26

A gripe já instalada na cidade de São Paulo se espalhou por algumas cidades da região metropolitana e agora acende o alerta no litoral, principal destino para milhões de paulistanos que começam a deixar a capital a partir desta sexta-feira (24) para as festas de final de ano.

A situação já coloca em alerta a maior parte dos 16 municípios da região. O número de atendimentos derivados de síndromes gripais explodiu e a demanda é tamanha que várias cidades têm montado tendas para poder acomodar tanta gente.

+ Amor na pandemia: histórias apaixonantes de casais que se uniram na crise

É o caso de Santos, que reservou até um ginásio poliesportivo para atender os pacientes que procurarem atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento Noroeste). Nas outras duas UPAs, a Zona Leste e Central, serão montadas tendas na entrada das unidades para separar quem está com síndrome gripal dos demais pacientes.

Na cidade, o número de casos aumentou 171% nos últimos dias. Do dia 1º deste mês até o dia 10, foram realizados 2.209 atendimentos nas três unidades de pronto atendimento. Nos dez dias posteriores (11 a 20), foram 6.006.

O município solicitou de forma emergencial o envio de 70 mil vacinas contra a Influenza, além de testes para poder melhorar o diagnóstico.

Vizinha de Santos, São Vicente está realizando o atendimento aos pacientes em três prontos socorros. Só em uma das unidades, o Hospital Municipal, foram atendidas 650 pessoas com quadro de gripe do dia 15 até o dia 20 deste mês.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

O hospital também conta com uma tenda, que recebe os pacientes com sintomas gripais. É neste local que eles estão fazendo os testes para detectar se estão ou não com Covid-19.

Em Praia Grande, ainda na Baixada Santista, os atendimentos aumentaram 135%. Do dia 9 ao dia 15 deste dezembro, foram recebidos 1.307 pacientes com sintomas de síndrome gripal, número que saltou para 3.083 do dia 16 até esta quarta-feira (22).

No litoral norte a situação não é diferente. Em cidades como São Sebastião o número de pacientes relatando sintomas de gripe chegou a triplicar em cada um dos três pronto socorros da cidade.

Só entre quarta-feira (22) e esta quinta-feira (23), o número de atendimentos relacionados a sintomas respiratórios foi de 574 na cidade do litoral norte.

A maior parte foi atendida na UPA de Boiçucanga, uma das praias mais requisitadas por turistas. Quase oito em cada dez atendimentos na unidade de saúde foram de pacientes com sintomas de síndrome gripal entre ontem e hoje. Dos 460 atendimentos, 357 foram devido a gripe (77,6%).

+ Santos multará em até R$ 4.000 “farofeiro” sem cadastro prévio

A administração municipal alerta que a tendência é de aumento no número de casos a medida que os turistas comecem a chegar.

Uma grande preocupação se dá pelo fato de ser praticamente inevitável conter as aglomerações que devem ocorrer nas cerca de 270 praias existentes da região.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)