Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Pirajá

(Desde 1998)

Tipos de Bares: Chope e cerveja

VejaSP:

Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 64 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 38156881

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00 - 17:00 - 23

terça-feira 12:00 - 15:00 - 17:00 - 23

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 17:00 - 23

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 17:00 - 23

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 17:00 - 23

sábado 12:00 - 23:00

domingo 12:00 - 20:00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (120)

Resenha por Saulo Yassuda

Ele é carioca. O bar dos mesmos donos do Original, do Astor e da pizzaria Bráz, entre outros endereços, presta uma homenagem aos botequins do Rio do Janeiro, no ambiente e no cardápio. Para montar a casa, os sócios fizeram a ponte aérea e realizaram um tour por bares da Cidade Maravilhosa, viagem repetida dois anos atrás para a produção de um guia. A qualidade do bar costuma variar de acordo com a unidade visitada. Por isso, nem sempre a feijoada da tia Surica chega bem temperada. Custa R$ 57,00 (para um) e R$ 91,00 (para dois), às quartas e aos sábados. Um clássico que costuma estar sempre bom é o bolinho de massa de abóbora e recheio de carne- seca (R$ 37,00, seis unidades). Criada há quase dez anos pelo bartender Márcio Silva em uma consultoria para o bar, a caipirinha, agora chamada de ela é minha e ninguém tasca (R$ 27,00), leva limões siciliano e taiti e é adoçada com rapadura.

Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.

    Ele é carioca. O bar dos mesmos donos do Original, do Astor e da pizzaria Bráz, entre outros endereços, presta uma homenagem aos botequins do Rio do Janeiro, no ambiente e no cardápio. Para montar a casa, os sócios fizeram a ponte aérea e realizaram um tour por bares da Cidade Maravilhosa, viagem repetida dois anos atrás para a produção de um guia. A qualidade do bar costuma variar de acordo com a unidade visitada. Por isso, nem sempre a feijoada da tia Surica chega bem temperada. Custa R$ 57,00 (para um) e R$ 91,00 (para dois), às quartas e aos sábados. Um clássico que costuma estar sempre bom é o bolinho de massa de abóbora e recheio de carne- seca (R$ 37,00, seis unidades). Criada há quase dez anos pelo bartender Márcio Silva em uma consultoria para o bar, a caipirinha, agora chamada de ela é minha e ninguém tasca (R$ 27,00), leva limões siciliano e taiti e é adoçada com rapadura.

    Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.