Clique e assine por apenas 6,90/mês

Sucesso em Pesadelo na Cozinha, de Jacquin, Pé de Fava está à venda

Restaurante que virou meme após participação no programa foi anunciado na internet. Conversamos com Fábio Lima, o dono do empreendimento

Por Guilherme Queiroz - Atualizado em 21 May 2020, 20h31 - Publicado em 21 May 2020, 15h59

O restaurante Pé de Fava, um self-service localizado em Guarulhos, na Grande São Paulo, ganhou fama em 2019, após ser destaque num dos episódios da série Pesadelo na Cozinha, apresentada pelo chef Erick Jacquin na TV Bandeirantes. Na ocasião, o chef francês perdeu a paciência com a administração da casa após Fábio Lima, o dono, revelar que desligava o freezer durante a noite para economizar energia no estabelecimento.

A reação do chef virou meme nas redes sociais, com direito a vômito, gritos e a frase que virou um bordão: “Você é a vergonha da profissão!“. O episódio foi ao ar em outubro do ano passado, quando o sucesso atraiu uma fervorosa clientela. Agora, a casa voltou a chamar atenção por um anúncio publicado no site Olx: uma publicação feita no dia 19 de maio pede 150 000 reais pelo restaurante. “Mesmo com a pandemia o restaurante continua lucrativo, sem dívidas, recém reformado. É só entrar e trabalhar”, garante a página.

A publicação não é falsa. Em conversa com a Vejinha, Fábio Lima, 35, confirmou que o anúncio foi feito por ele, mas garante que a venda não é por dificuldades financeiras: “Hoje [quinta-feira (21)], por exemplo, vendemos 250, 300 marmitas. Quando não é isso é 150 por dia”, afirma. Lima conta que ele e a esposa, Sâmia Carolina, 31, estão em busca de uma vida mais tranquila.

“Moramos 13, 14 anos aqui em São Paulo. A gente cansou da correria de São Paulo e queremos um lugar bem isolado, sossegado. É cansativo trabalhar de domingo a domingo. Comprar um sitiozinho e criar uma galinhas”, afirma. Lima conta que eles fizeram um bom “pé de meia” nos últimos tempos e estão em busca de uma propriedade no estado do Alagoas, terra natal do empresário.

Continua após a publicidade

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

Desde o início da quarentena, o Pé de Fava passou 8 dias fechado para uma adaptação. “A gente não trabalhava com delivery, tivemos que correr atrás de embalagem, iFood, motoboy. Cada dia [a demanda] vai aumentando”.

“Mas não temos pressa de vender”, garante. “Colocamos o anúncio para ver qual era a reação do pessoal. Colocamos 150 000 e desde então o telefone não para”, diz ele, que enquanto atendia este repórter, afirmou que tinha recebido mais uma oferta pelo restaurante. “Estão aparecendo compradores. Já me ofereceram o dobro [da quantia colocada no anúncio]”.

“Quem quiser trabalhar com restaurante é tiro certeiro. A não ser que o cara mude o método de trabalho. Mas do jeito que está aqui tá tranquilo. Vou avaliar as propostas. O imóvel é alugado, mas quem comprar vai ter tudo: equipamentos, porteira fechada”, promete.

Publicidade