Peixaria Mitsugi sai de galeria na Liberdade e vai reabrir bem diferente

Negócio que mescla loja de peixes, balada e restaurante muda de endereço e de conceito

A Peixaria Mitsugi, que opera há mais de quarenta anos no mesmo endereço, vai fechar as portas na galeria mal-ajambrada que ocupa na Rua Galvão Bueno, 364, Liberdade. O último dia de funcionamento é 30 de junho.

Tradicional loja de peixes da Liberdade, a casa variou os negócios em 2017, quando o psicanalista Luis Fernando Santos comprou o estabelecimento, estruturou o restaurante japonês que já funcionava ali e passou a sediar festas no local.

Depois do dia 30, os azulejos azuis, a balança de décadas passadas e o charmoso letreiro em neon — cenário de muitas fotos no Instagram — vão para um imóvel a poucos passos dali, no número 482 da Rua São Joaquim. A previsão de inauguração é 5 de julho.

“O restaurante foi ficando cada vez maior. Quando me dei conta de que a minha lista de supermercado estava com 250 itens, eu percebi que tinha criado o tipo de negócio que eu não queria“, conta Santos.

As festas, que aconteciam esporadicamente por ali, serão deixadas de lado no novo espaço. “Chegaram num esgotamento. O imóvel não comportava a quantidade de gente que ia e os vizinhos reclamavam. Não quero que a peixaria seja uma balada”, diz.

Com a mudança de endereço, a capacidade do restaurante cairá quase pela metade. As mesinhas na galeria comportavam trinta pessoas sentadas. Agora, serão dezoito lugares.

Outra alteração significativa está no esquema do jantar. Das 19h às 23h, haverá apenas sugestões do dia. “Antes, só podíamos trabalhar com fogão por indução. Agora, com gás encanado e uma coifa, as possibilidades de receitas vão aumentar. Vamos trabalhar com sazonalidade e com uma marca mais autoral do chef Rodrigo Hisi”, explica Santos.

Além de pedidas do cozinheiro, os tradicionais sashimis de Antônio Kleber da Silva estão garantidos. Formado pelo japonês Sozaburo Mitsugi, fundador da Peixaria, ele é queridinho de clientes que frequentam a região.

Também para atender a esses fregueses fiéis, tudo continuará igual na oferta de pescados frescos. Das 8h30 às 17h30, terá atum, salmão e outros peixes que variam de acordo com a época do ano — nesse período, costuma aparecer pescada, anchova, pargo e camarão-rosa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s