Clique e assine por apenas 6,90/mês

Três lugares para comer brisket, o novo hit da cidade

O peito bovino virou moda em muitos cardápios da cidade

Por Redação VEJA São Paulo - 12 out 2018, 07h00

E pensar que até recentemente o peito bovino não passava de um corte de segunda e servia, no máximo, para ser feito na panela. Foi-se o tempo. Primeiro porque qualquer tipo de carne tem sua nobreza e seu uso, depois porque essa parte do boi virou moda em muitos cardápios da cidade, quando é preparada à moda texana.

Também conhecido por brisket, o peito tem textura mais rígida para quem está acostumado ao filé-mignon. Como fazem os americanos, ele é lentamente defumado num pit, uma churrasqueira a lenha fechada, até que fique macio. Confira onde comer a pedida.

all_in. Na casa que acaba de mudar de nome, o brisket, tenro peito bovino, vai no combo all_in smoked (R$ 77,00), com pastrami, bacon e presunto artesanal.

Cadillac BBQ. Ao sair da churrasqueira, o brisket entra no pão semi-italiano ao molho barbecue com creme de queijo, cebola e pimentões (R$ 30,00). Fritas acompanham.

C6 Burger. Servido com picles, repolho-roxo, mostarda de butiá e maionese, custa R$ 29,00.

Continua após a publicidade
Publicidade