Clique e assine por apenas 6,90/mês

Maria Brigadeiro fecha ponto em badalado shopping da capital

Loja no mais tradicional centro de compras de luxo paulistano não decolou

Por Gabrielli Menezes - 27 Apr 2019, 12h36

Foi no imóvel da Rua Capote Valente, em Pinheiros, que Juliana Motter apresentou ao público seus ótimos brigadeiros. Quando se despediu do endereço, a doceira levou a Maria Brigadeiro para um centro de compras de luxo da capital, o Shopping Iguatemi. A loja, inaugurada em março de 2018 em um microponto no piso térreo, teve vida curta: menos de um ano.

Desde 27 de fevereiro, as portas estão fechadas. Ao contrário do que aconteceu no Shopping JK Iguatemi, sua primeira empreitada fora da então matriz, a unidade no complexo do Itaim não decolou. “O faturamento não alcançou a nossa expectativa”, lamenta Juliana.

Brigadeiros enrolados na hora: R$ 5,50 cada Fernando Moraes/Veja SP

Outro fator decisivo foi a experiência do cliente, que estava, segundo a dona, limitada. “A loja era muito pequena e achamos que poderíamos colocar mesinhas e cadeiras em uma parte do corredor”, conta. Essa autorização por parte do shopping, no entanto, nunca saiu.

De fato, o espaço de somente quinze metros quadrados estava longe de traduzir a essência do antigo endereço, em Pinheiros, que esbanjava charme com um charmoso quintal para os clientes comerem os docinhos sem pressa.

Continua após a publicidade

Felizmente, esse encerramento de atividades não significa problema grave para a marca. Tanto que no próximo semestre, Juliana promete levar a Maria Brigadeiro de volta a Pinheiros.

Enquanto isso, quem quiser conferir as gulodices feitas com chocolate de produção própria e enroladas na hora do pedido (R$ 5,50) pode ir ao JK Iguatemi ou à lojinha de fábrica da Rua Jorge Rizzo. Outra opção é fazer encomendas pelo site.

Publicidade