Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Duas formas de aproveitar o Ano-Novo Chinês

A data, que costuma ser celebrada no bairro da Liberdade, esse ano acontece de um jeito um pouco diferente

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 12 fev 2021, 19h13 - Publicado em 12 fev 2021, 19h04

A lua nova marca a chegada do Ano-Novo Chinês, que neste ano acontece nesta sexta, 12 de fevereiro. Entre os doze animais que fazem parte do horóscopo chinês, o regente atual é o Boi de Metal, que seguirá até 31 de janeiro de 2022. Ele tem como símbolo o esforço, o trabalho, a perseverança e a disciplina.

Por conta da pandemia, a celebração foi readequada. Confira, abaixo, duas formas de comemorar a data.

 

Templo Lohan 

O templo localizado na Liberdade tem uma programação completa para este sábado (13) destinada a um público limitado, que vai poder participar por ordem de chegada. O evento começa às 10h com aula aberta de meditação e segue com outros encontros, incluindo a aula da arte marcial shaolin kung fu, às 11h. À tarde, haverá uma visitação monitorada no templo, durante a qual se contará um pouco da história do local e sobre a data de celebração. Por fim, às 17h, haverá uma pequena demonstração da celebração, com dança do leão e do dragão. O local conta com medição de temperatura e algumas unidades de álcool em gel espalhadas pelo ambiente.
Rua Conselheiro Furtado, 445, Liberdade, tel. 99378-5173.

Continua após a publicidade

Ano Novo Chinês: as boas-vindas e as previsões para o Boi de Metal

 

Biscoito da sorte: banhado em chocolate
Biscoito da sorte: banhado em chocolate Divulgação/Divulgação

Panda Ya!

No minúsculo salão, o chef Victor Wong expede pratos como o wrap de frango (R$ 30,00), que deve ser montado à mesa com folhas frescas de alface romana e molho de amendoim. O cardápio conta ainda com opções veganas, como o espaguete de pupunha ao molho de pasta de amendoim, shoyu, limão, pimenta e cebolinha (R$ 37,00). Para a comemoração do novo ano, a casa está oferecendo no salão nesta sexta-feira (12) o biscoito da sorte, produzido pela Sucrier, banhado em chocolate. No sábado (13), à guloseimas pode ser encontrada por R$ 5,00.
Rua Lisboa, 971, Pinheiros, tel. 3443-0493, tel. 98862-3954 (também WhatsApp.) Tem acessibilidade para cadeirante.
Delivery: Próprio, iFood e Rappi. Tem sistema de retirada.

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

  • Continua após a publicidade
    Publicidade