Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Onde tomar caldo verde bem quentinho em São Paulo

A tradicional sopa portuguesa é feita com batata, couve e linguiça

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 4 jun 2018, 11h49 - Publicado em 1 jun 2018, 07h00

Selecionamos quatro restaurantes que servem caldo verde, a clássica sopa portuguesa. Confira.

Cantinho Português. Bem simples, o restaurante é cuidado por um casal de lusitanos. Para começar a refeição, vai bem o tradicional caldo verde, sopa feita com batata, rodelas de linguiça e fios de couve-portuguesa. A tigelinha sai por R$ 14,00.

Chiado. É a casa sem pompa do restaurateur Carlos Bettencourt, do refinado A bela Sintra. O caldo verde com chouriço português e couve é servido como entrada (R$ 28,00) ou prato principal (R$ 32,00). Outra opção, o arroz de pato, molhadinho, sai por R$ 79,00.

Quinta de Santa Maria. O bom endereço tem jeito de casinha do interior de Portugal. A clássica sopa lusitana custa R$ 22,00 e abre o apetite para o bacalhau grelhado na companhia de brócolis, cebola, pimentão e alho laminado (R$ 232,90, para dois).

Rancho Português. O melhor restaurante lusitano tradicional da cidade tem um salão gigantesco e ao mesmo tempo acolhedor. São boas sugestões a alheira dourada para petiscar (R$ 36,00) e o caldo verde com couve e linguiça (R$ 28,00).

Continua após a publicidade

Publicidade