Quinta de Santa Maria (Desde 2008)

Tipos de Restaurantes: Portugueses
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Cerro Corá, 1548 - Alto da Lapa - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30222499
Horário:
segunda-feira
11:00 - 15:30 - 18:00 - 23:30
terça-feira
11:00 - 15:30 - 18:00 - 23:30
quarta-feira
11:00 - 15:30 - 18:00 - 23:30
quinta-feira
11:00 - 15:30 - 18:00 - 23:30
sexta-feira
11:00 - 23:30
sábado
11:00 - 23:30
domingo
11:00 - 18:00
Feriados só almoço das 11h às 18h
monetization_on

Faixa de preço

De R$131,00 a R$220,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (Gratuito), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (100), Comida (couvert) (R$ 12,00), Levar vinhos (permite) (R$ 42,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

O casal Dora e João da Mota, nascido em Braga e dono do restaurante com jeito de casinha do interior de Portugal, cuida da cozinha e do atendimento. Não pode faltar o dourado bolinho de bacalhau (R$ 36,00 a porção com seis). O nobre pescado aparece ainda em receitas como a que leva o nome da casa (R$ 219,90, para dois). Depois de grelhado, ganha a companhia de brócolis, cebola, pimentão e alho laminado. De sobremesa, fique com o papo de anjo (R$ 9,90), bolinho etéreo de gemas despudoradamente doce na calda de laranja.

Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Indicado

      Português tradicional Comer & Beber .

      O casal Dora e João da Mota, nascido em Braga e dono do restaurante com jeito de casinha do interior de Portugal, cuida da cozinha e do atendimento. Não pode faltar o dourado bolinho de bacalhau (R$ 36,00 a porção com seis). O nobre pescado aparece ainda em receitas como a que leva o nome da casa (R$ 219,90, para dois). Depois de grelhado, ganha a companhia de brócolis, cebola, pimentão e alho laminado. De sobremesa, fique com o papo de anjo (R$ 9,90), bolinho etéreo de gemas despudoradamente doce na calda de laranja. (Preços checados em setembro de 2017.)

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2016 - Participante

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      Vários fatores contribuem para que este seja um dos melhores representantes lusos da cidade. Além da qualidade da comida, ajudam o serviço sempre muito atencioso e o ambiente agradável, embora apertado, com jeitão de casinha do norte de Portugal. Comece pelos celestiais bolinhos de bacalhau (R$ 30,00, com seis unidades) ou pela igualmente ótima açorda do pescado (R$ 16,00). O Gadus morrhua pode ser provado também na receita maria da venda (grelhado com ervilha-torta, tomatinho, brócolis e cebola; R$ 71,90). Saboroso, o arroz de polvo poderia ser servido com os grãos menos cozidos (R$ 82,00). Versão portuguesa do creme brûlé, o leite creme (R$ 14,00) é o fecho ideal. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Indicado

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      A amabilidade dos proprietários, Dora e João da Mota, e dos garçons é notável com a clientela, que lota o apertado salão aos sábados e aos domingos — durante a semana o movimento é mais tranquilo. Quem passa pela charmosa casinha branca de esquina pede na comissão de frente a macia alheira (R$ 26,00) ou os bolinhos de bacalhau, que estão entre os melhores da cidade (R$ 5,00 a unidade ou R$ 29,00 a porção com seis). O motivo? São feitos com muito pescado e um cheiro de batata, e chegam dourados e sequinhos. Outra sugestão com o peixe perfeitamente dessalgado é a posta na brasa coberta por lâminas de alho na companhia de batata cozida e brócolis verdíssimo e frme (R$ 109,80). Também com frutos do mar, o arroz com camarões grandes (R$ 85,00) chega úmido e aromático. A rabanada (R$ 11,00) põe um ponto-final com doçura. Preste atenção na carta de vinhos, com uma grande variedade de rótulos lusos, entre eles alguns produzidos na Quinta de Santa Maria original, propriedade que fica na região portuguesa do Minho. (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Indicado

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      Não há como deixar de prestar atenção ao charmoso e pequeno imóvel de esquina na movimentada Rua Cerro Corá. Com detalhes em pedra e azulejos brancos e azuis, reproduz uma casinha do interior do Portugal. Se de segunda a sexta o movimento é mais tranquilo, nos fins de semana invariavelmente formam-se filas de espera. São clientes ávidos pelas receitas de dona Dora, mulher do proprietário João da Mota, ambos nascidos da região do Minho, no norte de Portugal. Atenciosos garçons explicam o cardápio e passeiam entre as mesas muito próximas uma das outras, a única queixa que se pode fazer do ambiente. As tradicionais pataniscas (bacalhau desfiado, temperado e empanado; R$ 20,00) acabam de entrar para o cardápio e concorrem com os bolinhos do pescado (R$ 26,00). Também é inclusão recente a alcatra de cordeiro ao molho denso da própria carne acompanhada de brócolis, arroz e tentadoras batatas cozidas e salteadas no azeite (R$ 62,00). Encerre com o levíssimo pudim de claras (R$ 9,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Indicado

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      Poderia ser apenas um restaurante de bairro, não fosse a atenção do casal de proprietários, Dora e João da Mota, ambos portugueses da região do Minho. Aliás, algumas das receitas vêm do caderno de dona Dora, como é o caso dos ótimos bolinhos de bacalhau (R$ 24,00, seis unidades). Na versão que leva o nome da casa, o peixe surge numa posta alta feita na brasa e com um aroma de defumado. Completa-se com azeitona, cebola, brócolis, pimentão e batatas ao murro (R$ 94,70). Pode ser saboreado ainda em uma açorda (R$ 16,00), aquela papa de pão típica do Alentejo. A adega climatizada tem grande concentração de rótulos de todas as regiões produtoras de Portugal. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      Proprietários da casa, o casal Dora e João da Mota cuida deste endereço agradável e charmoso com grande esmero. A atenção vai do serviço gentil no salão às boas receitas que povoam o cardápio. Dê início à refeição com a frigideira de polvo ou a porção de paio importado de Portuga. Feito na grelha com precisão — fica tostado por fora e úmido por dentro —, o bacalhau ganha a companhia de batata cozida regada por generosa quantidade de azeite, brócolis salteado no alho e cebola. Também não falta capricho na elaboração do carré de cabrito ao molho de vinho do Porto. No arremate, vai bem o pudim de clara. Repousam na bonita adega mais de 2 000 garrafas, entre elas o tinto Evel 2007 e, uma joia líquida, o Chryseia.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes portugueses Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s