Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha desde 2014. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Comer & Beber 2022: Chula recebe o prêmio de bartender do ano

De volta à capital paulista, a profissional argentina lidera o setor etílico do premiado Cineclube Cortina

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 3 nov 2022, 23h20 - Publicado em 3 nov 2022, 22h07

A bartender Chula — ou Chula Barmaid, o que quer dizer o mesmo — voltou a São Paulo. Tentou viver longe, por quase um ano, no Equador, mas acabou retornando em junho. Diz que é para ficar (ao menos por um tempo). Veio se dedicar ao Cineclube Cortina, no Centro, o bar revelação de 2022. “O desenho do balcão criamos por videochamada”, conta a profissional, que também montou a equipe e elaborou a carta.

+ Comer & Beber 2022: conheça todos os premiados da edição

A ideia, a princípio, era permanecer apenas quinze dias no início da operação, porém foi ficando, ficando e ficando, até receber o convite dos donos da casa para estender a morada. Isso não significa, porém, que Chula não vá viajar de tempos em tempos à equatoriana Baños de Agua Santa para cuidar do bar que abriu com amigos em um hostel no ano passado, ou da vira-lata caramelo Vita, adotada na capital paulista durante a pandemia, que ficou ali. Nem vai deixar de fazer consultorias em outros estabelecimentos, durante as quais treina os times com o uso de técnicas das artes cênicas — sim, a bartender de 35 anos se formou em um curso técnico de teatro ao terminar o colégio.

+ Saiba quais foram os endereços favoritos dos leitores

Ainda assim, todas as quintas e sextas são sagradas: Chula toma conta pessoalmente do balcão do Cortina, onde prepara receitas como a versão do singapore sling de cachaça, abacaxi, licor de amarena e xarope de frutas (R$ 33,00), servido com uma bexiguinha e um boneco. É a oportunidade de o público matar a saudade dessa ótima anfitriã, que chegou aqui em 2018 para chefiar o Bar dos Arcos, onde permaneceu até junho de 2021, quando decidiu ir embora.

Continua após a publicidade

Antes de se mudar para cá, a profissional já carregava uma bagagem etílica. Passou por bares portenhos importantes, como o Nicky Harrison, e trabalhou com nomes como Tato Giovannoni, do badaladíssimo Florería Atlántico. De tempos em tempos, dava seus “pulos” pelo mundo, a labutar em países como Uruguai, Índia, França, Espanha

Nos momentos em que não “está” de Chula, sua persona no bar, e volta a ser Cynthia Soledad Zamora (“Sou tímida fora da personagem”, confessa), ela gosta mesmo é de beber dois ícones argentinos: o fernet cola (“meu preferido!”) e o mate. E só deixa o apartamento onde mora, no célebre Edifício Planalto, no Centro, para conhecer algum izakaya ou ir a festinhas “boas” (frisa) de música eletrônica underground. “Sou muito bem-vinda em São Paulo e tenho liberdade para criar. É a minha cidade no mundo para morar”, afirma. “Nunca vou ficar fixa num lugar, mas a base é aqui.”

Pela habilidade em receber, criar boas misturas e formar bem equipes, Chula recebe o título de bartender do ano por VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER.

Leia a resenha sobre o Cineclube Cortina aqui.

Continua após a publicidade

 

+ Conheça os melhores restaurantes

+ Consulte os bares campeões 

+ Veja os premiados em comidinhas

+ Os melhores endereços bons e baratos

 

Publicado em VEJA São Paulo de 9 de novembro de 2022, edição nº 2814.

 +Assine a Vejinha a partir de 9,90. 

Continua após a publicidade

Para ficar por dentro do universo dos bares e da gastronomia, siga @sauloyassuda no Instagram e no Twitter.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.