Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Novo filme dos Ghostbusters traz base saudosa e não deixa a desejar

Divertido e nostálgico, longa é dirigido por Jason Reitman e estreia em 18 de novembro

Por Barbara Demerov
Atualizado em 15 nov 2021, 16h36 - Publicado em 12 nov 2021, 06h00

✪✪✪ Ghostbusters: Mais Além, da Sony Pictures, estreia no dia 18 de novembro nas salas de cinema e faz jus ao universo de criaturas aterrorizantes (e outras nem tanto) que se solidificou nos anos 80. Dirigido por Jason Reitman, o filme já possui uma base saudosa logo nos nomes dos créditos, uma vez que Jason é filho de Ivan Reitman, que comandou Os Caça-Fantasmas 1 e 2 e agora retorna na cadeira de produtor.

A sensação de que estamos adentrando um campo familiar e afetivo se estende do início ao fim — o que passa longe de ser um infortúnio. Pelo contrário: o efeito não só emociona como também encontra um novo olhar para o mesmo cenário, agora passado de pai para filho. Na trama, uma mãe-solo (Carrie Coon) e seus filhos (Mckenna Grace e Finn Wolfhard) se mudam para uma pacata cidade dos Estados Unidos e descobrem pouco a pouco suas conexões com os caça-fantasmas originais. Porém o foco logo recai no legado que o avô das crianças deixou para trás.

A cidade isolada é o palco ideal para que uma nova leva de aparições grandes e azuis surja a fim de amedrontar todos e causar uma ameaça mundial. Com isso, a pequena Phoebe (Grace), fã de ciências, que claramente tem semelhanças com o falecido avô, encontra pistas, ferramentas e armas para que seja possível se defender desses prenúncios sobrenaturais. Chad (Paul Rudd), o professor de férias, a auxilia nesse processo e é uma ótima adição cômica.

Ao longo do caminho, o diretor não esconde sua vontade de honrar o passado criado por Ivan Reitman, mas também se dedica a reproduzir algo próprio em cada detalhe. E isso vale para tudo. Os cenários, os itens clássicos dos caçadores vistos pontualmente, a trilha-sonora e o uso do humor como complemento ao drama funcionam muito bem. No entanto, o maior atrativo certamente vai para o elenco mirim.

Continua após a publicidade

Ao lado de Grace e Wolfhard, Logan Kim interpreta Podcast (um apelido inusitado e atual), fiel companheiro de aventuras fantasmagóricas. A dinâmica do trio traz leveza a uma história que, para além das camadas coloridas e das empolgantes perseguições com o carro Ecto-1, possui uma boa parcela de seriedade. Ghostbusters: Mais Além se apropria do mundo real para construir uma narrativa que respeita o que pode ser classificado como obsoleto e explica as razões de seu sucesso.

Fãs de Caça-Fantasmas irão se lembrar de Harold Ramis (intérprete de Dr. Egon Spengler), que faleceu em 2014, visto que Carrie Coon dá vida à sua filha na ficção e insere racionalidade em uma trama tão fantástica. O mesmo pode ser dito sobre outros rostos conhecidos — e muito bem-vindos. Uma dica: fique até o fim dos créditos na sessão!

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

Publicado em VEJA São Paulo de 17 de novembro de 2021, edição nº 2764

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.