Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Angelina Jolie em Eternos: “Somos super-heróis imperfeitos”

À Vejinha, atriz que interpreta Thena fala sobre a complexidade da trama; filme de Chloé Zhao está em cartaz nos cinemas

Por Barbara Demerov
Atualizado em 9 nov 2021, 20h02 - Publicado em 9 nov 2021, 19h59

Eternos, novo filme da Marvel Studios dirigido por Chloé Zhao, está em cartaz nos cinemas e apresenta um elenco de estrelas – de Angelina Jolie a Salma Hayek.

A grande produção abre o leque de possibilidades já conhecido dos quadrinhos da Marvel ao apresentar aliens ancestrais que sempre acompanharam a evolução da Terra, mas de uma forma distante, sem nenhum tipo de intervenção. Quando uma tragédia faz com que o time se reúna após um longo período, grandes revelações são feitas e a ação move boa parte da trama.

+Eternos explora novos horizontes da Marvel com drama e reflexões

À Vejinha, Angelina Jolie, intérprete da guerreira Thena, fala sobre o que mais a agrada em sua personagem e como foi trabalhar ao lado de Zhao, vencedora do Oscar por Nomadland.

Continua após a publicidade

Você interpretou diversas personagens corajosas em sua carreira, como Lara Croft e Salt. Mas interpretar Thena, uma personagem tão desenvolvida, trouxe algo novo para você?

Bem, ela está lutando com sua saúde mental. O que é interessante sobre Thena é que ela representa o que as pessoas têm: esses dois lados distintos. Nós podemos lutar contra diversas coisas, incluindo saúde mental, mas também podemos ser pessoas igualmente fortes e capazes. Em Eternos, nós estamos tentando lutar contra muitas coisas. Eu gosto disso. Muito do que este filme representa é que não somos super-heróis e perfeitos, somos imperfeitos. Mas eu e os demais personagens nos esforçamos para superar isso. Eu gostei dessa mensagem desde o princípio. Foi mais divertido para mim trabalhar com Thena do que com as outras personagens que já fiz porque ela está mais danificada. E, assim, sua luta é mais complicada.

Muito se fala sobre os filmes de heróis configurarem um gênero completamente separado dos filmes de drama ou ação, mas Eternos mostra que é possível unificar tudo isso. Então, o que você acha dessa evolução do gênero em geral?

Eu acho interessante. Tivemos algumas perguntas sobre isso. Eu conheci muitas crianças quando estava na Itália. Elas tinham acabado de assistir ao filme e as perguntas que elas fizeram! Sem dar spoilers, mas me perguntaram sobre um personagem em particular. Disseram: ‘ele é bom ou ele é ruim?’. Isso foi importante, porque quantas vezes nos dizem, bem, ‘essa pessoa é boa’ e ‘essa pessoa é má’. De fato, a nuance às vezes é deixada de fora e é muito importante para as pessoas e os jovens considerarem e refletirem. Acho que isso só aumenta as camadas da complexidade desse tipo de filme, é realmente divertido. E eu penso que as crianças são brilhantes e capazes, mais inteligentes do que às vezes o público lhes dá crédito, ou cineastas dão crédito. Então, eu gosto que fizemos algo que pode ser considerado fácil para as crianças absorverem. Nós forçamos um pouco mais, fazendo com que elas questionassem mais.

Se você pudesse definir como foi trabalhar com a Chloé Zhao, como resumiria essa experiência?

Acho que Chloe é uma pessoa que trabalha duro, ela é tão dedicada ao seu ofício… Ela se interessa pelo comportamento humano e as nuances do comportamento humano. E, ao mesmo tempo, ela é uma pessoa que ama e aprecia o grande cinema. Foi interessante trabalhar com ela e observá-la com cada um deles. É uma coisa bastante complicada pegar dez novos personagens e apresentá-los ao mundo. Dez novos personagens, e então levá-los a uma jornada através de um arco e por meio de transições onde cada um deles é igual. Equilibrar a igualdade – não apenas no casting, mas verdadeiramente no que representávamos para o filme – exige muito de sua dedicação para estar verdadeiramente comprometida e interessada em cada personagem individual e desenvolver tudo. Ela trabalhou duro e eu admiro isso.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.