Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming

‘Don’t Make Me Go’: filme possui ideia boa, mas mal executada

Uma das boas notícias é que John Cho (Star Trek), que vive o pai da garota, entrega atuação minimalista, reafirmando sua versatilidade como artista

Por Clayton Freitas Atualizado em 4 ago 2022, 19h19 - Publicado em 5 ago 2022, 06h00

 Uma viagem de carro pelo interior dos Estados Unidos entre pai e filha é o pano de fundo para a história de Don’t Make Me Go, disponível no catálogo do Amazon Prime Video também com o nome de Não Me Diga Adeus.

+Itaú Cinemas faz campanha para encontrar “crush” de espectadora

Diagnosticado com uma doença terminal, Max Park, interpretado pelo experiente John Cho (Star Trek), propõe à sua filha, a rebelde adolescente Wally, vivida pela novata Mia Isaac (Not Okay), ir com ele na viagem, sobre o pretexto de rever os amigos de faculdade, mesmo a total contragosto da garota.

Max esconde a real motivação: fazer com que a adolescente conheça a sua mãe, que fugiu ainda quando ela era um bebê. Embora conte com uma interpretação consistente de Cho, a trama é monótona na maior parte de seus 109 minutos.

+Remake de ‘O Pai da Noiva’, sucesso dos anos 90, mantém essência do original

Mesmo os encontros, aventuras e desventuras da estrada, elementos que dão as principais deixas para alguns dos melhores momentos dos road movies, categoria em que se enquadra a película, Don’t Make Me Go não decola. A ideia de ver como Max corre contra o tempo para ensinar a Wally tudo que a filha precisa saber antes de ele partir, talvez numa tentativa de amadurecimento acelerado, é boa. O problema é como foi executada, com contornos simplistas, rasos, parecendo que pai e filha sempre foram estranhos entre si. Tem final surpreendente, o que pode emocionar, mas nada disso esconde a frágil trama.

+Assine a Vejinha a partir de 9,90. 

Publicado em VEJA São Paulo de 5 de agosto de 2022, edição nº 2801

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês