Imagem Blog

Blog do Lorençato

Por Arnaldo Lorençato
O editor-executivo Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há mais de 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 16 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista é professor-doutor e leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie
Continua após publicidade

Alex Atala completa duas décadas no comando do D.O.M.

O notável ao longo desse período é a consolidação da assinatura do chef, presente em todos os detalhes do endereço paulistano

Por Arnaldo Lorençato Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 jan 2022, 14h11 - Publicado em 20 dez 2019, 16h14

Um dos melhores restaurantes de São Paulo, o D.O.M. acaba de completar duas décadas. O mais notável ao longo desse período é a consolidação da assinatura do chef e dono Alex Atala, presente em todos os detalhes do endereço paulistano número 1 em cozinha autoral.

Trata-se da visão muito particular de Atala sobre o país, que inclui de formigas-saúva com gosto de capim-limão vindas do Amazonas a cogumelos ianomâmis. Isso sem falar na raiz priprioca, usada como aromatizante, e no hoje trivial espaguete de palmito pupunha.

Atala servindo um dos pratos do menu do evento Gelinaz: ano de trocas intensas (Divulgação/Divulgação)

Essa concentração no universo nacional, porém, não acompanha o cozinheiro desde o primeiro momento. Na abertura do D.O.M., em 1999, sua inspiração era pautada pela gastronomia espanhola, conduzida naquele momento pelo gênio Ferran Adrià, que oito anos atrás cerrou seu mítico restaurante, o El Bulli, na Catalunha. De outra forma, a Espanha continua presente na vida de Atala.

Ele participou do grande congresso gastronômico Madrid Fusión em 2005, que tive a oportunidade de acompanhar ao vivo. Também elaborou, em novembro, um jantar em Barcelona no Tickets, de Albert Adrià, irmão de Ferran. Foi o primeiro profissional do Brasil a ocupar o fogão do estrelado restaurante.

Continua após a publicidade

Neste 2019 de trocas intensas, o D.O.M. foi palco de um jantar do evento internacional Gelinaz, promovido pelo jornalista italiano Andrea Petrini em conjunto com 148 restaurantes mundo afora.

Normalmente, há um intercâmbio de chefs. Na edição que rolou em 3 de dezembro, Atala estava aqui mesmo e reproduziu percurso de um menu secreto sugerido por outro colega. O nome do chef, Yoshihiro Narisawa, de Tóquio, só foi revelado no fim da refeição. Um dos pratos incluía pela primeira vez no D.O.M. uma recémdescoberta trufa nacional.

D.O.M.
Rua Barão de Capanema, 549, Jardim Paulista, tel. 3088-0761.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 25 de dezembro de 2019, edição nº 2666.

Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br.

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.