Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

D.O.M.

(Desde 1999)

Tipos de Restaurantes: Cozinha de autor

VejaSP:

Endereço: Rua Barão de Capanema, 549 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30880761 / (11) 96918994

Site: domrestaurante.com.br

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

terça-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sábado 19:00 - 23:00

domingo - Fechado

Faixa de preço: A partir de R$396,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (42), Levar vinhos (permite) (R$ 300,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

O D.O.M. reafirma-se ano a ano como um dos melhores restaurantes não só do Brasil, mas do mundo. Para receber os clientes a cada noite, o chef Alex Atala oferece como única opção uma degustação (R$ 640,00) em treze etapas, parte delas descrita a seguir. O quarteto de petiscos traz a deliciosa lula em sua tinta com tartare de coco, a torradacasquinha com lagostim e maionese de bisque mais um shot de bisque com creme de leite e cumaru de linha mais clássica, a carne de sol enrolada como um rocambole com carvão de mandioca e cinza de castanhado-pará e a abóbora de pescoço cozida coberta por bottarga em lâminas e ralada com creme azedo. Entre os vários pratos oferecidos desde o ano passado, o palmito pupunha leva consomê do próprio cozimento com fios de alga nori, mas sem a mesma intensidade da versão provada anteriormente. Esplêndida é a batata-doce cozida e ao forno no azeite com béarnaise de chimarrão. Outra delícia de aplaudir é o cará recheado de creme do próprio tubérculo com uma camada de ouriço-do-mar por baixo. Defumado, o carapau recebe rôti da própria carcaça e pancs com jambu que provoca uma leve dormência na boca. A pré-sobremesa é o sorvete de coco com ervas e mel, seguida de espuma de goiaba com creme de catupiry e telha de queijo Tulha, e a chamada “homenagem ao norte”, um bombom de chocolate sem açúcar com recheio de tapioca e cupuaçu. O aligot de mandioca com toffee de café encerra o banquete.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.

    O D.O.M. reafirma-se ano a ano como um dos melhores restaurantes não só do Brasil, mas do mundo. Para receber os clientes a cada noite, o chef Alex Atala oferece como única opção uma degustação (R$ 640,00) em treze etapas, parte delas descrita a seguir. O quarteto de petiscos traz a deliciosa lula em sua tinta com tartare de coco, a torradacasquinha com lagostim e maionese de bisque mais um shot de bisque com creme de leite e cumaru de linha mais clássica, a carne de sol enrolada como um rocambole com carvão de mandioca e cinza de castanhado-pará e a abóbora de pescoço cozida coberta por bottarga em lâminas e ralada com creme azedo. Entre os vários pratos oferecidos desde o ano passado, o palmito pupunha leva consomê do próprio cozimento com fios de alga nori, mas sem a mesma intensidade da versão provada anteriormente. Esplêndida é a batata-doce cozida e ao forno no azeite com béarnaise de chimarrão. Outra delícia de aplaudir é o cará recheado de creme do próprio tubérculo com uma camada de ouriço-do-mar por baixo. Defumado, o carapau recebe rôti da própria carcaça e pancs com jambu que provoca uma leve dormência na boca. A pré-sobremesa é o sorvete de coco com ervas e mel, seguida de espuma de goiaba com creme de catupiry e telha de queijo Tulha, e a chamada “homenagem ao norte”, um bombom de chocolate sem açúcar com recheio de tapioca e cupuaçu. O aligot de mandioca com toffee de café encerra o banquete.

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.