Xuxa perde processo contra Google para remoção de menções a pedofilia

Assessoria de imprensa da apresentadora disse que não comenta notas jurídicas

A apresentadora Xuxa Meneghel teve recurso negado em ação movida contra o Google pela remoção de algumas palavras que remetiam ao filme “Amor, Estranho Amor” (1982), em que ela, então com 19 anos, seduz um menino de 12 anos.

O processo foi julgado em 2° instância e não cabe mais recurso.

Procurada por VEJA SÃO PAULO, a assessoria de imprensa da apresentadora afirmou que “não comenta notas jurídicas”.

A apresentadora queria, por exemplo, remoção de resultados que apareciam quando buscado “Xuxa pedófila”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s