Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Selo com rosto de Pablo Escobar embalava drogas na nova Cracolândia

Balanço da operação que envolveu 650 agentes públicos indica a prisão de quatro traficantes em flagrante; até pneu de estepe de carro foi apreendido

Por Clayton Freitas Atualizado em 12 Maio 2022, 12h56 - Publicado em 12 Maio 2022, 11h53

Entre as apreensões realizadas na megaoperação policial conjunta entre o governo estadual e a prefeitura de São Paulo na praça Princesa Isabel, a nova Cracolândia do centro, está a de três cartelas de etiquetas adesivas com o rosto do famoso narcotraficante Pablo Escobar. Elas eram usadas para embalar e identificar as drogas, indicando qual era a sua origem.

+Diretor da Gaviões é preso por tentativa de assassinato a carnavalesco

A gigante operação realizada a partir das 4h desta quarta-feira (11) envolveu um total de 650 agentes, sendo 200 policiais civis, 300 PMs e 150 guardas civis metropolitanos. O objetivo era o de “sufocar” o perímetro da praça e cumprir um total de 37 mandados de prisão, além de 10 mandados coletivos de busca e apreensão, sendo um deles para todas as barracas instaladas na praça.

O balanço final indica a prisão de apenas 9 pessoas, sendo 4 delas em flagrante por tráfico. Em relação a outras detenções, uma delas foi de um homem que jogou uma pedra contra o vidro traseiro de um carro da TV Bandeirantes.

+São Paulo pode ter menor temperatura para um maio em 15 anos

Continua após a publicidade

Além de 209 porções de cocaína, quatro tijolos de crack e diversas pedras, além de dois tijolos de maconha e 118 porções, foram apreendidos diversos itens, tais como três simulacros de armas, 14 facas, 19 balanças de precisão, munições e até um pneu de estepe. Os agentes ainda apreenderam documentos, tais como 44 títulos de eleitor, 92 carteiras de identidade e 19 CPFs. A perícia vai indicar se eles pertencem aos dependentes químicos ou se são fruto de furtos e roubos.

Depois da operação policial, os materiais foram retirados durante o dia. À noite, foi montada guarda no perímetro da praça para tentar evitar que ela fosse novamente ocupada.

Relembre

O colombiano Pablo Escobar Gaviria, nascido em 1949 e morto em 1993, é considerado o mais poderoso traficante da história. Ele se tornou um dos homens mais ricos do mundo em sua época por traficar cocaína para vários países, sobretudo para os Estados Unidos. Nos últimos anos sua vida foi recontada em séries de streaming, uma delas, Narcos, dirigida por José Padilha e com  Wagner Moura no papel do poderoso traficante.

É comum que o rosto de Escobar seja usado para embalar porções de drogas. Por vezes, ela pode determinar a origem, a pureza ou a potência da substância adquirida.  No caso da nova Cracolândia, isso ainda será alvo de investigação policial.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês