Clique e assine por apenas 5,90/mês

Record TV cancela debate entre candidatos a prefeito de São Paulo

Segundo emissora, não há condições de realizar o evento com segurança

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 6 out 2020, 16h18 - Publicado em 6 out 2020, 16h16

A Record TV informou que cancelou seu debate eleitoral do 1º turno com os candidatos a prefeito de São Paulo. De acordo com nota divulgada nesta terça-feira (6), a decisão visa a segurança dos envolvidos e leva em conta o alto número de concorrentes e assessores.

“A Record TV preza pela saúde de seus colaboradores e de seus convidados. Por isso, depois de consultar uma comissão de médicos e de técnicos em medicina do trabalho, a emissora entendeu que não há condições de promover o encontro com segurança”, diz o comunicado.

Seriam 11 candidatos, além de pelo menos dois assessores que cada um poderia levar até o local. Ainda haveria a equipe de produção responsável por levar o debate ao ar. O debate de segundo turno permanece confirmado para o dia 21 de novembro.

No último dia 2, a Band realizou o primeiro debate entre os pleiteantes. Estiveram presentes Celso Russomano (Republicanos), Bruno Covas (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Márcio França (PSB), Andrea Matarazzo (PSD), Arthur do Val (Patriota), Jilmar Tatto (PT), Filipe Sabará (Novo), Joice Hasselmann (PSL), Marina Helou (Rede) e Orlando Silva (PC do B). 

Continua após a publicidade
Publicidade