Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

‘Bebezão’, líder do PCC, é preso no Paraguai pela Polícia Federal 

Em ação conjunta com órgão paraguaio, o criminoso foi detido com outros 15 suspeitos de integrarem o grupo 

Por Redação VEJA São Paulo 24 mar 2021, 13h37

A Polícia Federal (PF), em ação conjunto com a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad), prendeu nesta terça-feira (24) 16 suspeitos de integrarem a facção Primeiro Comando da Capital (PCC) na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Entre os detidos está Weslley Neres dos Santos, conhecido como Bebezão, que é apontado como um dos líderes do grupo. 

As prisões fazem parte da Operação Fronteira Segura II que tem como objetivo desarticular uma outra facção criminosa vinculada ao PCC. Essa outra organização também está ligada ao tráfico internacional de drogas e armas, com ação a partir da fronteira entre o Brasil e o Paraguai. 

Segundo o Senad, o grupo estava em uma reunião para organizar ações futuras quando chegaram as autoridades. Armas e munições também foram apreendidas.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade