Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

EUA batem recorde e chegam a 202 mil casos de Covid-19 em um dia

O país soma cerca de 10 milhões de resultados positivos e 240 mil mortos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 11 nov 2020, 12h10 - Publicado em 11 nov 2020, 12h05

De acordo com dados publicados pela Universidade Johns Hopkins na terça-feira (10), os Estados Unidos superaram o recorde de novos casos diários de Covid-19. Foram 201.961 pessoas doentes além de 61.694 internações, o que representa também um aumento nas hospitalizações, outro recorde. 

Segundo a CNN estadunidense e o The New York Times, os hospitais e as instalações médicas estão sobrecarregados. O país tem o maior número de casos no mundo, mais de 10 milhões, e cerca de 240 000 mortos.

A Universidade Johns Hopkins também aponta, em estudos, que os EUA têm, em média, 1.661 novas hospitalizações por dia. 

O Instituto de Avaliação e Métricas de Saúde da Universidade de Washington prevê mais de 110.000 mortos nos próximos dois meses caso o combate à pandemia no país continue sem alterações. Os principais estados atingidos são Texas, Illinois, Dakota do Sul, Ohio e Utah.

Mudança na Casa Branca

Joe Biden, novo presidente dos Estados Unidos, afirmou que seu principal foco será conter o avanço da pandemia e buscar salvar vidas. Ele criou uma força-tarefa, defende o uso de máscara e disse que a vacina será gratuita.

Uma equipe de especialistas em saúde pública vai aconselhar Biden, a vice-presidente, Kamala Harris, e a equipe de transição do governo para enfrentar o problema.

“Lidar com a pandemia do coronavírus é uma das batalhas mais importantes que nosso governo enfrentará, e serei guiado pela ciência e por especialistas”, afirmou o presidente.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Continua após a publicidade
    Publicidade