Covas sanciona lei que cria Praça Marielle Franco em São Paulo

Projeto de lei é de autoria de vereadores de diversos partidos

O prefeito Bruno Covas (PSDB) sancionou nesta terça-feira (28) o projeto de lei que denomina uma praça localizada na Brasilândia, Zona Norte da capital, como Marielle Franco. A votação da proposta, que ocorreu no final do ano passado, passou pela Câmara dos Vereadores com maioria.

A homenagem para a vereadora do Rio de Janeiro que foi assassinada em março de 2018 contou com apoio da comunidade local e de diversos políticos da casa, segundo Eduardo Suplicy (PT), um dos idealizadores da proposta. Foram 39 apoiadores de variadas legendas: Cidadania, DEM, PSB, PSDB, PL, PTB, PSOL, PODE, PP, PV, MDB e Republicanos.

No ano passado, em conversa com a Vejinha, o vereador havia afirmado que pretendia “combinar com a comunidade para fazer uma inauguração. Marielle Franco hoje é uma figura internacional, e muito importante em todos os estados da federação”, disse na época.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s