Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Sanduíche chamado Marielle Franco causa revolta nas redes sociais

O restaurante Vegan's 2 go foi acusado de racista e oportunista por ter batizado seu hambúrguer recheado de feijoada vegana com o nome da vereadora

Por Rosana Zakabi Atualizado em 20 jan 2022, 09h12 - Publicado em 31 jul 2018, 18h59

Um restaurante vegano de Belo Horizonte aberto há menos de um ano ganhou notoriedade da noite para o dia. Tudo por causa de um sanduíche do cardápio, que leva o nome de… Marielle Franco. Recheado com feijoada sem glúten e linguiça vegetal, o hambúrguer foi atacado em várias postagens nas redes sociais nesta terça-feira (31), e o estabelecimento, o Vegan’s 2 go, acusado de racista e oportunista.

“É pra isso que servem as nossas mortes. Pra criar marketing e enriquecer a branquitude. Existe restaurante com nome de Senzala, existe youtuber indo pra festa à fantasia vestida de escrava, existe cardápio de hambúrguer com nome de uma mulher negra vítima do genocídio”, diz uma delas. “Sanduíche com nome de uma mulher negra assassinada? Não é e nunca será homenagem! Respeito aos animais, sim. Mas às pessoas não?”, afirma outra.

A empresária Camila Marques, dona do restaurante junto com o marido, Robson Guidi, se defende das acusações. “Somos ativistas, e nossa ideia é homenagear as mulheres que fizeram diferença para o mundo, entre elas, Marielle”, disse Camila a VEJA SÃO PAULO. De fato, todos os sete sanduíches do menu têm nomes de mulheres conhecidas e “ativistas”. Além de Marielle Franco, estão na lista Paola Antonini (modelo que teve a perna amputada após um acidente), Yasmin Brunet (que costuma publicar vídeos contra os maus-tratos de animais), Carmen Miranda, Bela Gil, Alana Rox (apresentadora que defende os direitos dos bichos) e Luisa Mell.

O restaurante foi aberto no bairro de Savassi em outubro do ano passado sob o nome de Las Chicas, mas em março deste ano, o casal desfez a sociedade com os antigos proprietários, mudando o nome do local e também o cardápio. “Foi nessa época que batizamos o sanduíche de Marielle. Até entramos em contato com a assessoria dela para pedir permissão”, afirma a empresária. Camila diz que não sabe como a repercussão teve início. “Não dá para dizer se foi alguém que esteve no restaurante, ou se viu o cardápio na internet. O que sei é que começamos a receber várias mensagens no nosso Facebook e ganhamos mais de 5 000 seguidores no Instagram em menos de 24 horas”, comenta ela.

Curiosamente, não é o hambúrguer Marielle Franco (31,90 reais) que mais faz sucesso na casa e sim, o Alana Rox (28,90 reais), recheado com hambúrguer de lentilha, cogumelos salteados e maionese de tahine. “Para os veganos, essa é a melhor opção, pois é mais rica em proteínas”, explica Camila.

Ela e o marido divulgaram a seguinte nota, para justificar o nome do sanduíche:

“Vegan’s 2 go vem sendo alvo de críticas nas redes sociais pela homenagem prestada a Marielle Franco. Tendo como objetivo sanar todas as questões, informamos que a homenagem foi prestada com o intuito de preservar a memória de Marielle sempre viva e por isso, depois de longas conversas com amigos e parentes, decidimos colocar seu nome em um dos nossos pratos. 

Temos um cardápio que faz homenagem às mulheres ativistas brasileiras, como Alana Rox, ativista dos direitos dos animais, e tem parte da renda revertida para a ONG Mercy for Animals. Nossa equipe pede desculpas por qualquer desconforto causado para nossos clientes e informa também que a nossa homenagem continuará. Faz parte do nosso DNA louvar mulheres ativistas que são e serão sempre importantes para o nosso país.”

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)