Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Cidades do ABC paulista cancelam festas de final de ano e Carnaval

Os sete municípios vizinhos da capital também vão restringir festas em espaços privados: público não poderá ficar em pé

Por Clayton Freitas Atualizado em 7 dez 2021, 12h41 - Publicado em 7 dez 2021, 12h22

Em reunião ocorrida na manhã desta terça-feira (7), os sete prefeitos do Consórcio Intermunicipal ABC decidiram suspender as festas de final de ano na região. Eles também confirmaram a obrigatoriedade do uso de máscaras e a proibição do Carnaval.

Segundo disse à VEJA São Paulo o prefeito de Santo André e presidente do Consórcio Intermunicipal do ABC, Paulo Serra (PSDB), as festas privadas estão permitidas, porém, sem público em pé.

+ Sinovac anuncia versão da CoronaVac adaptada à Ômicron

“Apenas em espaços privados mas sem público de pé, num sistema seguro”, disse. Esses locais também terão restrição de horário de funcionamento.

Ficou decidido também que as máscaras devem ser usadas de forma obrigatória em todos os espaços até janeiro. “Só no começo do ano é que vamos reavaliar”, afirmou Serra.

Continua após a publicidade

Capital também cancela festa

Antes da decisão tomada pelos prefeitos das cidades do ABC, na última quinta-feira (2) a prefeitura de São Paulo decidiu cancelar o Réveillon.

Segundo disse o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, à VEJA, o surgimento da nova variante, a Ômicron, foi determinante para que a vigilância sanitária indicasse a manutenção do uso das máscaras e o cancelamento das atividades.

Até o último sábado (4), apenas algumas capitais, tais como Florianópolis e Recife, mantiveram a queima de fogos. Ouras 19 capitais também cancelaram os shows para evitar a aglomeração de pessoas.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

Publicidade