Clique e assine por apenas 6,90/mês

Ana Luiza Trajano pesquisa receitas em comunidade indígena do Acre

A chef do restaurante Brasil a Gosto está vivendo com a tribo iauanauá, a sete horas de barco de Rio Branco, no Acre

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 5 dez 2016, 16h22 - Publicado em 25 jan 2013, 14h37

Chef e proprietária do restaurante Brasil a Gosto, Ana Luiza Trajano vive na estrada para pesquisar pérolas da culinária nacional. Há quase duas semanas, ela dorme em uma das casas de madeira da comunidade indígena iauanauá, no interior do Acre, a sete horas de barco da capital, Rio Branco. É um local sem luz elétrica, telefone fixo nem sinal de celular. “Fui convidada pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum, que desenvolve um projeto por lá com luminárias artesanais”, contou, antes de partir para a jornada, que termina na quinta (31).

+ Saiba mais sobre o universo gastronômico no blog do Arnaldo Lorençato

“As receitas dos iauanauás por pouco não se perderam no contato com a civilização”, diz. “Estou interessada em pratos de milho e de mandioca e, em particular, no sapo preparado com banana.” Em tempo: ela não pretende servir o batráquio em seu restaurante.

Publicidade