Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Bares e música ao vivo

Por Marcela Besson Atualizado em 27 dez 2016, 21h10 - Publicado em 21 set 2009, 11h53

Ouvir música ao vivo de qualidade na mesa do bar é bom, mas o preço do couvert artístico pode desandar o programa. Garimpamos dez endereços que oferecem uma caprichada seleção musical e cobram de 6 a 26 reais pelas apresentações.

1/20
Casa costuma lotar e para quem quer curtir o show é bom fazer reserva ( / Teta: bom para happy hour e fim de noite)
2/20
Casa oferece clima romântico e shows de bossa nova, jazz e blues ( / Piratininga tem shows intimistas e é ideal para casais)
3/20
Entre as atrações especiais, destaque para as segundas, quando tem roda de gafieira, e para a feijoada nas tardes de sábado ( / Ó do Borogodó tem shows de samba e público descolado)
4/20
O preço do couvert artístico é o mesmo em qualquer dia da semana: 21 reais ( / Jeremias, o Bom tem programação recheada de MPB e jazz)
5/20
Artistas conhecidos e promessas de sucesso animam a noite ( / Grazie a Dio!: clima alegre e boa música)
6/20
Como tem dois ambientes, é bom para quem gosta de música ao vivo e para quem curte um lugar mais reservado ( / Bar Geni: shows em clima de balada)
7/20
Cardápio da casa conta com receitas naturais e uma carta de cervejas artesanais ( / Casa de Francisca abriga apresentações para público diminuto)
8/20
De quinta a sábado, casa recebe bandas que destilam petardos do rock e tributos a Led Zeppelin, Rolling Stones e outros grandes do gênero. ( / Café Piu Piu tem programação que vai da MPB ao Flamenco)
9/20
Considerado um dos clubes mais acolhedores do gênero, a casa recebe apresentações de competentes trios, quartetos e quintetos ( / Clube All of Jazz tem programação variada)
10/20
Neste bar, o clima é descontraído e os artistas cantam ao redor de uma mesa ( / Bar do Cidão: simples e aconchegante)
13/20
Eis um pequeno e festivo boteco de samba, com um quê da Lapa carioca. ( / Ó do Borogodó)
15/20
Algumas bandas, caso do Clube do Balanço, têm lugar cativo na programação. A agenda vai do samba ao soul, com incursões pela MPB. Para descontrair, há cervejas como a Bohemia. Recarregue as baterias com pedidas como o arancini siciliani, um bolinho de risoto recheado de carne moída e queijo. ( / Grazie a Dio!)
Continua após a publicidade
Publicidade