Clique e assine por apenas 5,90/mês

Ataque deixa feridos perto do antigo endereço do Charlie Hebdo, em Paris

Ao menos duas pessoas ficaram gravemente feridas

Por Redação VEJA São Paulo - 25 set 2020, 10h01

Pelo menos duas pessoas ficaram gravemente feridas após um ataque com faca perto da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo em Paris, na França, nesta sexta-feira (25). Dois suspeitos foram detidos. Ainda não se sabe qual foi a motivação do ato criminoso.

As vítimas foram socorridas em estado de urgência absoluta, de acordo com informação do Le Monde. Um inquérito para investigar o caso foi aberto. Não se descarta ação terrorista. Os feridos são funcionários que trabalham na produção e pós-produção de filmes da agência Premières Lignes.

A rua Nicolas-Appert foi totalmente bloqueada. Era lá que ficava a redação do jornal que sofreu um ataque em janeiro de 2015. O grupo terrorista Al-Qaeda lançou recentemente novos apelos para atacar o jornal, que republicou as charges do profeta Maomé.

O ataque desta sexta acontece enquanto ocorre o julgamento dos considerados cúmplices dos ataques de 2015 que deixaram 17 mortos (11 deles na redação do jornal satírico).

Continua após a publicidade
Publicidade