Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

PM encontra medalhas de Arthur Nory em lixeira de Osasco

Denúncia anônima levou soldados até os objetos; "Estou me tremendo todo, vocês não imaginam a emoção que é", afirmou o ginasta

Por Redação VEJA São Paulo 10 fev 2021, 10h47

Depois de ter tido sua casa assaltada no último sábado (6), o medalhista olímpico Arthur Nory recuperou todas as suas medalhas que haviam sido roubadas. A Polícia Militar (PM) encontrou os itens dentro de uma lixeira, em Osasco, na noite desta terça-feira (9).

Segundo as autoridades, a localização das medalhas foi descoberta devido a uma denúncia anônima vinda do bairro de Jardim Adalgisa. Após isso, elas foram levadas a uma sede da PM, onde Nory foi buscá-las pessoalmente. “Estou me tremendo todo e vocês não imaginam a emoção que é”, afirmou o ginasta em seu Instagram. 

View this post on Instagram

A post shared by Arthur Nory (@arthurnory)

O assalto à casa de Arthur Nory ocorreu no bairro da Lapa, Zona Oeste da capital paulista. Foram levadas medalhas e itens sem valor financeiro.

Segundo a corporação, uma mulher de 64 anos, funcionária da casa, contou que foi rendida por dois homens quando se dirigia até a porta de entrada da residência, que dá acesso à garagem.

De acordo com ela, os suspeitos entraram no imóvel em seguida e levaram medalhas, uma mochila, chaves e uma CNH. A dupla teria fugido na sequência. O caso foi registrado como roubo consumado no 7º Distrito Policial da Lapa e segue em investigação.

Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade

Publicidade