Clique e assine por apenas 5,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Hambúrguer de pato: do Minhocão para o Così de Renato Carioni

Quem diria. Conhecido primeiro por preparar pratos contemporâneos no sofisticado Cantaloup e, desde 2009, autor de uma refinada cozinha da Itália no Così, com matriz em Santa Cecília e uma filial na Vila Nova Conceição, o chef Renato Carioni colocará um hambúrguer intrometido entre suas receitas. Também servirá o sanduíche no Pizza 36, restaurante na […]

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 27 fev 2017, 12h29 - Publicado em 13 Maio 2012, 17h05

Hambúrguer de pato: sucesso no Minhocão é temporariamente incorporado ao menu do Così (Foto: Arnaldo Lorençato)

Quem diria. Conhecido primeiro por preparar pratos contemporâneos no sofisticado Cantaloup e, desde 2009, autor de uma refinada cozinha da Itália no Così, com matriz em Santa Cecília e uma filial na Vila Nova Conceição, o chef Renato Carioni colocará um hambúrguer intrometido entre suas receitas. Também servirá o sanduíche no Pizza 36, restaurante na Praça da República especializado em almoços em bufê do qual Carioni também é sócio. A estreia é amanhã, tanto no almoço quanto no jantar.

Sanduíche disputado: 2.000 hambúrgueres vendidos entre 8h20 e 13h30 no domingo passado (Foto: Arnaldo Lorençato)

Não se trata de um hambúrguer qualquer, mas uma versão com pedigree afrancesado. Explica-se. Carioni, um dos chefs que ocupou uma das vinte barracas espalhadas sobre um pequeno trecho do Minhocão no domingo passado durante a Virada Gastronômica, preparou justamente um hambúrguer com carne de pato banhado por maionese trufada.

Foi um sucesso de público. Entre 8h20 e 13h30, o cozinheiro vendeu nada menos que 2.000 deles (um faturamento bruto de 30.000 reais para um investimento de 13.000 em matérias-primas). Estive na feira e não consegui comprar unzinho sequer. Tinha acabado tudo. O máximo que fiz foi tirar a foto que ilustra este post. “Um monte de gente me pediu durante a feira e recebi muitos emails nesta semana. Resolvi atender as pessoas”, diz Carioni. “Garanto que será só por um mês. Não quero perder o foco, para não virar bagunça. Meu negócio é cozinha italiana.”

+ Os tropeços da Virada Gastronômica

O hambúrguer de pato nos três restaurantes custará 29,50 reais (na Virada eram 15 reais) e será servido entre esta segunda (14)  e 14 de junho. “O preço mais alto se justifica porque o sanduíche vai montado no prato e acompanhado de batata rústica. Tem ainda o conforto do restaurante”, garante o chef.

Carioni de barraqueiro: “Hambúrguer de pato só por um mês” (Foto: Arnaldo Lorençato)

Quem quiser preparar o hambúrguer em casa, confere a receita aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade