Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Chefs e empresários protestam contra restrições a restaurantes e bares

O governo Doria deve anunciar nesta sexta (22) medidas mais restritivas ao setor por conta do avanço dos casos de Covid-19

Por Arnaldo Lorençato, Saulo Yassuda Atualizado em 22 jan 2021, 20h14 - Publicado em 22 jan 2021, 10h31

Por Saulo Yassuda

Um grupo de chefs, empresários e funcionários de estabelecimentos gastronômicos comparecem a um protesto pacífico na manhã desta sexta (22) na Praça Vinicius de Moraes, no Morumbi, ao lado do Palácio do Governo. A manifestação é contrária ao fechamento de bares e restaurantes no estado. Na início da tarde de hoje, o governo Doria anunciou medidas mais restritivas ao setor por conta do avanço dos casos de Covid-19. “Menu de hoje: culpar bares e restaurantes acompanhado de festas clandestinas e desemprego!”, diz um dos cartazes.

“Menu de hoje: culpar bares e restaurantes acompanhado de festas clandestinas e desemprego!”

Cartaz no protesto

“Cada um pode levar o que quiser (panelas, mesas, cadeiras, uniformes, megafones, cartazes…….). Levem o máximo de pessoas que puderem, chamem outros colegas”, dizia um dos convites que circulou pelas redes sociais.  Uma mensagem, disparada pelas plataformas, reforça que haverá “distanciamento de 2 metros” entre os participantes. A manifestação foi organizada por empresários do setor.

Início da manifestação: pedida de ajuda ao setor gastronômico
Início da manifestação: pedida de ajuda em prol do setor gastronômico Divulgação/Divulgação

Comparecem no local nomes como Jean Ponce, o bartender do ano pela mais recente edição VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER, sócio do Guarita Bar, do Guarita Burger e do Patties, o restaurateur Benny Goldenberg, do Mangiare Gastronomia, do Arturito e da rede La Guapa Empanadas Artesanais, e a chef e empresária Janaína Rueda, do Bar da Dona Onça e de A Casa do Porco Bar.

Janaína Rueda Benny Goldenberg Protesto
Benny Goldenberg e Janaína Rueda: protesto pacífico Divulgação/Clayton Vieira/Veja SP

“Eu comecei ontem a ver as pessoas desesperadas [com a notícia de fechamento] e comecei a ficar desesperada”, diz Janaína. “Sou a favor do lockdown, se assim precisar, mas não temos nenhuma ajuda. E as regras que nos impõem fazem com que haja mais aglomeração. Eu aceitei quieta [o fechamento] no Natal e Ano Novo e percebi que as festas se deram porque as pessoas não estavam em seus postos de trabalho. E aí a coisa degringolou.”

Proprietários e funcionários: reunião na Praça Vinicius de Moraes
Proprietários e funcionários: reunião na Praça Vinicius de Moraes Divulgação/Divulgação

Colaborou Gabriela Amorim

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Continua após a publicidade
Publicidade