Clique e assine por apenas 5,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Direto de Manaus, Banzeiro chega a São Paulo; leia crítica de Lorençato

O restaurante, projeto do chef Felipe Schaedler, mostra a riqueza da culinária desse estado do Norte

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 1 nov 2019, 10h57 - Publicado em 1 nov 2019, 06h00

Sem escalas, o Banzeiro veio direto da capital do Amazonas para o Itaim, em agosto. O restaurante, projeto do chef Felipe Schaedler, mostra a riqueza da culinária desse estado do norte, ainda muito pouco explorada em São Paulo, que não se resume apenas às maravilhas do caldo de tucupi e aos efeitos anestésicos das folhas e flores do jambu.

De Manaus para a capital paulista: Banzeiro mescla influências em cardápio Romero Cruz/Veja SP

O cozinheiro montou um cardápio bem sintético, que mescla receitas servidas nas duas casas que mantém junto com seus pais em Manaus — o Banzeiro, mais clássico, e o moderninho Moquem.

A refeição pode ser aberta com o bao, pãozinho chinês cozido no vapor e recheado de pirarucu frito, de camarão ou de fruta tucumã com queijo (R$ 12,00).

Bao: pãozinho chinês no vapor pode ser recheado com pirarucu, camarão ou tucumã Romero Cruz/Veja SP

Pedida ainda melhor é a sardinha de água doce frita (R$ 13,00). Nesse caso, usa-se a técnica de ticar o peixe, ou seja, fazer vários cortes muito próximos para que as espinhas se rompam e o cliente não corra o risco de engasgar. O esplendor dos peixes de água doce inclui o matrinxã inteiro recheado de farofa de banana (R$ 129,00, para dois).

Costela de tambaqui: acompanha baião de dois e tartare de banana Romero Cruz/Veja SP

Um espetáculo à parte é o modo como um dos bem treinados garçons limpa e serve o pescado, que vem acompanhado de baião de dois cremoso de feijão-manteiguinha e vinagrete de tomate e picles de pimentão.

Descubra manaus: sobremesa com cupuaçu recheada de brigadeiro Romero Cruz/Veja SP

Também é muito saborosa a costela de tambaqui assada no forno a lenha com tartare de banana e o mesmo baião de dois (R$ 64,00). Dos pratos que provei, só é pobre de sabor o pirarucu assado com cogumelo laminado, rúcula, farinha de mandioca do Uarini e feijão crocante (R$ 63,00).

Para a sobremesa, reserve o descubra manaus, uma mistura de cupuaçu cremoso com textura de sorvete recheado de brigadeiro (R$ 24,00).

Banzeiro
Rua Tabapuã, 830, Itaim Bibi, tel. 2501-4777.
Terça a quinta das 12h às 15h30 e das 19h às 23h30; sexta jantar até 0h; sábado almoço até 16h30 e jantar até 0h; domingo só almoço até 16h30; fecha segunda.
Clique aqui para saber todos os detalhes.

Avaliação: BOM (três estrelas)

Faixa de preço: $$ (até 175,00)

Confira o cardápio:

Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.brCaderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Continua após a publicidade
Publicidade