Clique e assine com até 89% de desconto

Banzeiro

(Desde 2019)

Tipos de Restaurantes: Brasileiros

VejaSP:

Endereço: Rua Tabapuã, 830 - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 25014777

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 22:00

quarta-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 22:00

quinta-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 22:00

sexta-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 22:00

sábado 12:00 - 16:00 - 19:00 - 22:00

domingo 12:00 - 16:30

Faixa de preço: De R$141,00 a R$210,00

Informações adicionais: Entrega em domicílio, Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (55), Levar vinhos (permite) (R$ 80,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Quem já teve a oportunidade de conhecer o Banzeiro de Manaus não reconhecerá o ambiente simples e amplo da matriz na filial paulistana, mais parecida com o Moquém, instalado em um shopping da capital do Amazonas. O chef Felipe Schaedler, um dos melhores do país, mudou-se de mala e cuia para São Paulo, ainda que sempre volte ao Norte. É comum vê-lo na cozinha orientando a preparação de receitas como o bolinho de pirarucu de casaca (R$ 19,00 a dupla), preparado com peixe curado, banana e farinha de mandioca do Uarini, combinação que ressalta a doçura da fruta. Um sabor obrigatório para quem não tem restrições de paladar é a formiga naturalmente com sabor de capim-limão sobre espuma de mandioquinha (R$ 22,00). Em dupla ou trio, dá para escalar o excelente tambaqui de banda (R$ 169,00) na brasa com baião de dois cremoso, farofa, vinagrete e tartare de banana. Sobremesa de inspiração italiana com ingredientes nacionais, a panacota de castanha fresca (R$ 22,00) é quase gelatinosa de tão macia e contrasta com um crocante de castanha e puxuri, a noz-moscada amazônica.

Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.

    Quem já teve a oportunidade de conhecer o Banzeiro de Manaus não reconhecerá o ambiente simples e amplo da matriz na filial paulistana, mais parecida com o Moquém, instalado em um shopping da capital do Amazonas. O chef Felipe Schaedler, um dos melhores do país, mudou-se de mala e cuia para São Paulo, ainda que sempre volte ao Norte. É comum vê-lo na cozinha orientando a preparação de receitas como o bolinho de pirarucu de casaca (R$ 19,00 a dupla), preparado com peixe curado, banana e farinha de mandioca do Uarini, combinação que ressalta a doçura da fruta. Um sabor obrigatório para quem não tem restrições de paladar é a formiga naturalmente com sabor de capim-limão sobre espuma de mandioquinha (R$ 22,00). Em dupla ou trio, dá para escalar o excelente tambaqui de banda (R$ 169,00) na brasa com baião de dois cremoso, farofa, vinagrete e tartare de banana. Sobremesa de inspiração italiana com ingredientes nacionais, a panacota de castanha fresca (R$ 22,00) é quase gelatinosa de tão macia e contrasta com um crocante de castanha e puxuri, a noz-moscada amazônica.

    Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.