Roteiro

Veja São Paulo Recomenda

Os seis melhores programas culturais e gastronômicos desta semana

Por: Veja São Paulo

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Confira abaixo as indicações dos críticos de VEJA SÃO PAULO

  • Há males que vêm para bem. Os percalços enfrentados pela produção brasileira do musical de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein, como a desistência dos diretores Ernesto Piccolo e Ulysses Cruz em fase de ensaios, não comprometeram o resultado do espetáculo que, enfim, pode ser visto no Teatro Alfa. Pelo contrário, a experiência e o inegável talento da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho são fundamentais para manter a aura de encantamento do conto de fadas sem escorregar na pieguice e ainda abrir espaço às mensagens políticas e sociais embutidas no texto. As coisas andam um tanto nebulosas no reino. O príncipe Topher (vivido por Bruno Narchi) atravessa uma crise existencial e questiona se tem vocação para o poder. Há os que se aproveitam disso para manipulá-lo, e um grande baile é organizado na corte para encontrar uma noiva para o rapaz. Bianca Tadini interpreta a gata borralheira, que, transformada em princesa por algumas horas, conquista o coração do rapaz e ainda abre seus olhos para as injustiças contra os pobres da vizinhança. Os protagonistas têm o tipo ideal para os personagens, transmitindo doçura e delicadeza. Na pele da madrasta, Totia Meireles, sempre competente, ainda se mostra tímida e, aos poucos, deve cravar mais personalidade à vilã. Ivanna Domenyco, Bruno Sigrist, Giulia Nadruz e Carlos Capeletti são os destaques entre os coadjuvantes. Direção musical de Carlos Bauzys. Estreou em 11/3/2016. Até 5/6/2016.
    Saiba mais
  • Em 2004, pouco antes da eleição que levaria George W. Bush ao segundo mandato na Casa Branca, caiu nas mãos de Mary Mapes (Cate Blanchett), produtora do jornalístico 60 Minutes, da CBS, uma informação contundente: o presidente teria dado “um jeitinho” de escapar de lutar na Guerra do Vietnã. Mary, então, reuniu uma equipe de repórteres para juntar provas e, com um velho oficial, conseguiu a cópia de um documento capaz de comprovar a malandragem de Bush. Apresentado pelo veterano Dan Rather (Robert Redford), o programa foi ao ar. No dia seguinte, blogueiros contestaram a autenticidade do papel. Inspirado no livro da própria Mary Mapes, o longa chega aos cinemas contrapondo a saga jornalística de Spotlight. Ao contrário do vencedor do Oscar de melhor filme, seu foco não está no detalhamento da cobertura do caso, e sim nas consequências, ora frustrantes, ora desastrosas, que o “furo de reportagem” produziu. Em sóbria e digna estreia na direção, o roteirista James Vanderbilt extrai uma atuação superlativa de Cate, bem mais à vontade do que em Carol. Estreou em 24/3/2016.
    Saiba mais
  • As projeções do artista Alexandre Órion no telão de LED são o fio condutor da apresentação Ainda Há Tempo, baseada no disco homônimo de 2006, que ganhou outra versão em abril. O badalado rapper, ao lado do MC DanDan, exibe no palco músicas como Não Existe Amor em SP e Subirusdoistiozin. Dia 19/8/2016.
    Saiba mais
  • Cozinha contemporânea

    Clos

    Rua Domingos Fernandes, 548, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3045 2291 ou (11) 3045 2154

    VejaSP
    7 avaliações

    O casal formado pela gaúcha Carol Albuquerque e pelo belga Willem Vandeven traz um ar sem fronteiras ao cardápio desta casa originalmente de culinária espanhola. Entre os poucos retoques nas receitas, a lula com alho-poró ao creme de castanha-do-pará (R$ 42,00) poderia ter os ingredientes mais harmoniosamente combinados. A excelência aparece na composição de quatro tipos de cenoura com a crocante farofa de castanhas e iogurte ao cardamomo de estilo indiano (R$ 39,00). Dois pratos principais notáveis: o peito de pato com berinjela laqueada no tucupi, laranja, quinoa e acelga oriental (R$ 84,00) e a costela de black angus com folhas e purê de batata ao alho confit (R$ 72,00). Há ainda dois menus degustação, que saem por R$ 158,00 e R$ 216,00.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Ambar

    Rua Cunha Gago, 129, Pinheiros

    Tel: (11) 3031 1274

    VejaSP
    2 avaliações

    Escondido do visitante, um espaço a 1 grau negativo conserva os barris. Pelas mangueiras ligadas a eles passam os chopes até as quinze torneiras, desmontadas duas vezes por mês para a higienização. Uma mistura de gases turbinada com nitrogênio ajuda na extração de algumas das bebidas, deixando-as mais cremosas. É desses bastidores que provém um chope de qualidade — não importa o tipo. A postos, os donos do bar, Fabio Comolatti e Julia Fraga, desdobram-se para mudar sempre as opções da lousa e equilibrar novidades com queridinhos do público. O casal elaborou até uma planilha com o que entra e sai. “Mas, na correria, anotamos em todo lugar: no celular, em papelzinho na bolsa...”, diverte-se a proprietária.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Docerias

    Sweet Café

    Rua Cristiano Viana, 72, Cerqueira César

    Tel: (11) 2925 2655

    VejaSP
    Sem avaliação

    Confeiteiro de predicados, Arnor Porto não é mais sócio do Sweet Café, aberto em fevereiro. Suas receitas são feitas desde abril pela equipe da casa, sob a supervisão da proprietária Ana Gabriela Borges. Algumas derrapadas na execução dos doces colaboraram para a perda de uma estrela. É o caso da tortinha de limão (R$ 11,00), entregue com massa molenga e acidez em excesso. É melhor ficar com a tartelette de frutas vermelhas (R$ 4,00). As pedidas salgadas continuam ótimas. Peça a bruschetta do dia, que pode ser a pomodoro (R$ 19,00, com seis unidades).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO