Bares

Oito endereços para tomar vinho em taça

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Bardega
Garrafas nas máquinas Enomatic do Bardega: o cliente escolhe a bebida preferida e se serve (Foto: Keiny Andrade)

Além de bons wine bars, veja também outros endereços para tomar a bebida em copo.

+ A feira de vinhos Expovinis 2015

  • Vinhos

    Bardega

    Rua Doutor Alceu de Campos Rodrigues, 218, Itaim Bibi

    Tel: (11) 2691 7578 ou (11) 2691 7579

    VejaSP
    17 avaliações

    Uma respeitosa seleção de 88 garrafas diferentes é conservada em máquinas Enomatic. O cliente coloca o cartão de consumo no equipamento, aperta o botão do rótulo desejado e, pronto, o líquido desce à taça em dose de 30, 60 ou 120 mililitros. Há opções como o siciliano Fina Chardonnay 2015 (R$ 10,00, R$ 20,00 e R$ 36,00), branco com um certo corpo, e o californiano Estrada Creek Old Vines 2010, com predominância da uva zinfandel (R$ 7,00, R$ 14,00 e R$ 26,00). Um bom petisco é o bolinho de pancetta e polenta (R$ 34,00, seis unidades).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

     

    Saiba mais
  • Vinhos

    Bottega Bernacca

    Rua Padre João Manuel, 826, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3586 7103

    VejaSP
    3 avaliações

    Minúsculo, mas nem por isso menos acolhedor, o lugar tem apenas catorze lugares na parte interna e só mais uma dezena na calçada. Garrafas de vinho — ao todo, há vinte rótulos — são compartilhadas por casais e pequenas turmas, em taça ou copinho apelidado de piemontês. Uma possibilidade rosada é o francês Domaine Paul Mas Claude Val Rosé 2015 (R$ 99,90). De sotaque italiano, o menu sugere o rigatoni à bolonhesa (R$ 54,90), mas também sugestões francesas, como o croque monsieur (R$ 39,90).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Vinhos

    Sacra Rolha

    Rua Rio Grande, 304, Vila Mariana

    Tel: (11) 4304 0300

    VejaSP
    4 avaliações

    Trata-se de um endereço todo à luz de velas, que tem como chamariz uma fornida carta de vinhos. Na lista de possibilidades, estão o espanhol Sonrojo Garnacha Navarra Rosé 2014 (R$ 98,00) e, para quem não dispensa um tinto, o Casa Ferreirinha Esteva Douro 2014 (R$ 139,00). A dois, também dá para pedir a tábua de frios sabores da Itália (R$ 79,00), com queijo grana padano, presunto cru, pasta de cogumelo seco e frutos secos, além de mais pães e torradas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Taberna 474

    Rua Maria Carolina, 474, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3062 7098

    VejaSP
    6 avaliações

    O bar-irmão da rede Adega Santiago também aposta em atmosfera descontraída e menu elaborado. O polvo à tasquinha (R$ 93,00) é fatiado e guarnecido de cebola e batata. Mostra-se tentadora a costela bovina com discos de mandioca frita, farofinha e folhas de agrião (R$ 64,00). Vá de espresso europeu (brandyde jerez, licor de café, expresso, Fernet-Brancae especiarias; R$ 30,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Espírito Santo

    Avenida Horácio Lafer, 634, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3078 7748

    VejaSP
    3 avaliações

    O botequim luso-chique ocupa uma concorrida esquina do Itaim Bibi, onde engravatados costumam esvaziar copos de um bem tirado chope Brahma (R$ 8,40) depois do expediente. Há também boas pedidas de bacalhau, como os bolinhos (R$ 35,00, seis unidades) e a versão apelidada de nunca chega (desfiado com cebola, presunto cozido e batata palha; R$ 63,00). O arroz de polvo traz pedaços macios do molusco, mas pode vir com os grãos meio quebrados (R$ 83,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Forquilha

    Rua Vupabuçu, 347, Pinheiros

    Tel: (11) 2371 7981

    VejaSP
    3 avaliações

    A casa atrai pelo clima intimista, de iluminação calculada, chão de tábuas e vista para a igreja apelidada de Cruz Torta. Desde o fim do ano passado, o novo chef, o italiano Antonio Maiolica, vem dando cara própria à carta. Se o apetitoso trio de vieiras na concha com farofa de pão e ervas passadas pelo forno a lenha (R$ 38,00) não fizer cosquinha no estômago, parta para o brasato (R$ 59,00). O short rib cozido em vinho tinto é servido junto de polenta branca com queijo de minas. Aos domingos à noite, serve apenas pizzas. Para acompanhar, desarrolhe uma garrafa de vinho ou peça o ótimo negroni (R$ 32,00 com gim Beefeater).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Vinhos

    Ovo e Uva

    Rua Mateus Grou, 286, Pinheiros

    Tel: (11) 3085 3070

    VejaSP
    3 avaliações

    Eis um simpático mix de rotisseria, empório e bar. Pelo salão, mesinhas se espalham entre balcões refrigerados e prateleiras com garrafas de vinho. Dá para bebericar sem compromisso cerca de 180 rótulos, entre eles o italiano Rocca delle Macìe Chianti Vernaiolo 2014 (R$ 118,00). Se preferir, 25 das pedidas estão disponíveis em taça. Boa parceria se faz com as bruschettas de abobrinha e queijo de cabra (R$ 27,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bom e barato / Vinhos

    Canaille Bar

    Rua Cristiano Viana, 390, Pinheiros

    Tel: (11) 3898 3102

    VejaSP
    4 avaliações

    Casais novos ou estabelecidos e grupos de amigos têm à disposição um pequeno salão, quintal e varanda, com providenciais mantinhas no frio. Na cabeça, apenas uma ideia: beber vinho sem gastar horrores, mesmo que as opções sejam mais simples. A sócia e sommelière Marina Bertolucci ajuda o visitante a decidir-se por um dos sessenta rótulos— o preço de mais da metade deles não chega aos três dígitos. O espanhol Real Compañía de Vinos Macabeo 2014 (R$ 89,00) é uma opção branca. Dos tintos, o Cellier des Princes Le Triporteur 2014 (R$ 85,00) tem na composição uvas grenache, syrah, carignan e caladoc.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO