Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Terceiro caso da variante Ômicron é confirmado no Brasil

Trata-se de um homem de 29 anos que desembarcou no aeroporto de Guarulhos vindo da Etiópia

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 1 dez 2021, 10h46 - Publicado em 1 dez 2021, 10h39

O terceiro caso da variante Ômicron do coronavírus foi confirmado pela secretaria de Saúde de São Paulo nesta quarta-feira (1º). Trata-se de um homem de 29 anos que chegou ao Brasil da Etiópia no último sábado (27). Ele desembarcou no Aeroporto de Guarulhos.

Ao chegar, ele foi testado e diagnosticado com a Covid-19. O Instituto Adolfo Lutz confirmou que se trata da Ômicron. O homem tomou as duas doses da vacina da Pfizer e está em isolamento domiciliar, diz a secretaria. 

+ SP pode rever flexibilização de máscaras após casos da Ômicron

Os primeiros dois casos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na tarde de terça-feira (30) que dois brasileiros apresentaram resultado positivo para a variante Ômicron do novo coronavírus. A testagem foi realizada pelo laboratório Albert Einstein e confirmada pelo Instituto Adolfo Lutz.

O homem e a mulher estão em isolamento social e estão sendo monitorados pela prefeitura de São Paulo. Os dois foram vacinados com a Janssen na África do Sul, onde residem, e vieram ao Brasil para visitar a família.

É importante ressaltar que as vacinas não oferecem proteção total contra doenças, agindo na redução do risco de infecção, casos graves e mortes. A chance de alguém com ciclo vacinal completo se infectar é menor, mas quanto mais o vírus circula, maiores são os riscos. Por esse motivo, é fundamental que o maior número de pessoas se vacine.

Continua após a publicidade

Publicidade