Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

SP antecipa vacinação de profissionais da Educação entre 18 e 44 anos

A partir da próxima sexta-feira (11), trabalhadores da área com mais de 18 anos das redes pública e estadual já podem se imunizar

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 9 jun 2021, 11h10 - Publicado em 9 jun 2021, 10h54

O governo de São Paulo antecipou para sexta-feira (11) a vacinação contra Covid-19 de todos os profissionais que atuam na educação básica pública e privada do estado. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) na manhã desta quarta (9) no lançamento do evento Mega Escola, no Memorial da América Latina.

“Nós vamos antecipar a vacinação para 363 mil profissionais da educação básica de 18 a 44 anos para esta sexta-feira, 11 de junho”, disse Doria. “Nós teremos 100% dos profissionais da educação básica imunizados em São Paulo, isso garante uma volta às aulas presenciais cada vez mais segura”, completou. Antes, a previsão do governo era iniciar a imunização do grupo entre os dias 21 e 31 de julho.

LEIA TAMBÉM: Professores fazem protesto por mais vacinas após docente morrer de Covid

Assim, a partir desta sexta os profissionais da Educação já podem se dirigir a postos de saúde de todo o estado para se imunizar contra a doença. Nesta quarta, São Paulo começou a vacinar o grupo de profissionais na faixa etária de 45 e 46 anos.

Continua após a publicidade
Publicidade