Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Thales Bretas se manifesta após piora de Paulo Gustavo e explica reclusão

O humorista está internado com Covid-19 desde o dia 13 de março; na sexta, médicos recorreram à terapia ECMO, semelhante a um pulmão artificial

Por Redação VEJA São Paulo 3 abr 2021, 12h00

O marido de Paulo Gustavo, Thales Bretas, se manifestou em suas redes sociais sobre estar mais recluso durante a internação do ator. A declaração foi feita na noite de sexta-feira (2), após o humorista passar a usar um pulmão artificial.

“Estou vivendo dias difíceis… optando por ficar recluso, sem expor dores ou dificuldades na internet. Vivendo um momento particular da minha família, que ainda não sei o por quê mas no futuro espero entender”, escreveu Thales na publicação.

Paulo Gustavo está internado com Covid-19 desde o dia 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. No dia 21, ele foi intubado.

O quadro de saúde, segundo a assessoria de imprensa, evoluía bem, mas nesta sexta (2) o humorista apresentou piora e passou a utilizar uma terapia que se assemelha ao uso de um pulmão artificial.

“E sempre com muita fé, muito pensamento positivo pra ter o amor da minha vida ao meu lado novamente. Peço desculpas pela ausência, pelos pacientes que aguardam meu retorno, e até pelos amigos que não tenho conseguido responder. Espero que entendam e continuem torcendo e rezando fervorosamente pela recuperação dele e de todos que sofrem com essa infecção tão sorrateira.”

Continua após a publicidade
Publicidade